(PS5 e Xbox Series X) Lado negativo na ‘morte’ dos ecrãs de loading?

Se por acaso tem estado atento às notícias acerca da nova geração de consolas, sabe que uma das grandes vantagens da PS5 e nova Xbox está na forma da adoção de SSDs NVMe super rápidos, especialmente no caso da PlayStation 5 que utiliza um SSD PCIe 4.0 personalizado capaz de chegar aos 6.5GB/s ou 9GB/s de informação comprimida.

É algo que muitos developers já vieram a público dizer que irá significar a ‘morte’ dos afamados ecrãs de loading. Mas será que esta ‘morte’ só traz vantagens? Aparentemente, segundo Ryan Shah do estúdio Kitatus and Friends, esta mudança também irá trazer consigo um lado negativo.



(PS5 e Xbox Series X) Existe um lado negativo na ‘morte’ dos ecrãs de loading

(PS5 e Xbox

Portanto, segundo o developer, existe pelo menos uma desvantagem na adoção dos SSDs na nova geração de consolas. Ao fim ao cabo, muitos são os jogos atualmente no mercado que aproveitam esta ‘pausa’ para oferecer informação importante ao utilizador, seja na forma de cinemáticas, ou simples dicas para que a experiência in-game seja melhor.

Aliás, em boa verdade, desde o início do mundo dos videojogos, que os tempos de loading são escondidos com várias técnicas. Até na altura dos cartuxos da SNES, os programadores tinham de ‘inventar’ corredores longos para esconder estes tempos de loading. É fã dos jogos Resident Evil? Então conhece as famosas portas para passar de um cenário para o outro, altura em que muitos dados importantes são carregados para a memória da consola. Algo que claro está, a partir de agora deixará de ser necessário! Ficando apenas como uma escolha estética e não essencial para o design do jogo.

O problema é que esta filosofia de desenvolvimento e design está muito enraizada na mentalidade das equipas por detrás dos jogos mais populares do mercado. Ou seja, os developers estão habituados a passar informação essencial nestes períodos, algo que vai obrigatoriamente ter de mudar com a nova geração.

Em suma, o desaparecimento destas ‘portas’ é muito provavelmente algo positivo para oferecer uma jogabilidade mais direta e fluída para os jogadores. No entanto, temos de olhar para o outro lado, para as dicas, cinemáticas, etc… Como em jogos como Fallout 4 ou Soulborne, onde os developers passam muita informação para a história ou dicas para a jogabilidade, de forma a que os jogadores não tenham dificuldades no jogo propriamente dito

Assim, este tipo de informação vai ter de continuar a ser dada ao jogador, mas agora vai ser preciso uma nova forma para o fazer.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também