Inicio Apple (Opinião) iPhone 11 Pro: Passados 6 meses, a maçã ainda está boa?

(Opinião) iPhone 11 Pro: Passados 6 meses, a maçã ainda está boa?

O iPhone é sempre um dos smartphones mais importantes do ano, rivalizando sempre com a Samsung, Huawei e Xiaomi nas tabelas de vendas. Aliás, é também inegável que os smartphones da Apple são sempre máquinas brutais, capazes de oferecer segurança no presente mas também no futuro, graças ao suporte espetacular nas atualizações e restante ecossistema.

Ou seja, quer goste ou quer não gosta do iPhone, é um concorrente de peso no mercado de smartphones!

iPhone 11 Pro:

No entanto, ao contrário da Samsung e Huawei, a Apple apenas lança uma gama de iPhones ‘flagship’ por ano. (Sim, porque vamos ter um novo ‘budget’ SE em 2020). Assim, enquanto a Samsung lança a gama Galaxy S no início do ano e gama Galaxy Note no verão. E claro, a Huawei lança a gama P no início do ano, e posteriormente a gama Mate também no verão. A Apple lança os seus iPhone em Setembro, e depois passa o resto do ano a olhar para as rivais.

Por isso, tendo isto em conta, quando já passaram cerca de 6 meses… Começam a surgir algumas dúvidas na cabeça dos consumidores. Se vale realmente a pena meter a mão no iPhone mais recente, ou se faz mais sentido olhar para os Androids mais potentes do mercado.

Pois bem meus amigos, existe uma razão para a Apple só lançar um iPhone por ano… É que na verdade, não precisa de renovar passados apenas 6 meses. O iPhone mais recente ainda está fresquinho.



(Mini-Review) iPhone 11 Pro: Passados 6 meses, a maçã ainda está boa?

iPhone 11 Pro:

Portanto, infelizmente não tivemos a oportunidade de analisar o iPhone 11 Pro na altura do seu lançamento.

Contudo, na minha opinião, isto não é de todo negativo! Visto que depois de ter feito análise ao Mate 30 Pro, S20+ e mais recentemente S20 Ultra, acho que é brutal estar agora a testar o iPhone mais recente, para perceber se a Apple consegue ou não rivalizar com aquilo que o mundo Android tem para oferecer passados 6 meses. Spoiler Alert… Tem!

Primeiramente, o iPhone é sempre um aparelho que mete respeito, graças à sua qualidade de construção e atenção ao detalhe. Dito isto, é óbvio que não temos aqui a super curvatura do Mate 30 Pro, ou ecrã ‘infinito’ de 120Hz do Galaxy S20. Contudo, temos um design com provas dadas, com um ecrã cheio de qualidade (feito pela Samsung), num corpo que assenta perfeitamente na mão, e que acima disto tudo, é capaz de oferecer uma experiência de software super simples, mas extremamente poderosa.

É certo que o ecrã do iPhone 11 Pro Max não suporta os 120Hz do S20 Ultra, nem sequer os 90Hz do P40 Pro… Mas sinceramente, oferece um ‘feeling’ de velocidade que é capaz de enganar os mais distraídos.

Sim, é também certo que não temos aqui 12GB de RAM LPDDR5, aliás, nem sequer encontramos 8GB desta mesma memória! Temos apenas 4GB (metade do P40 Pro e um terço do S20 Ultra!) mas são 4GB que são realmente bem aproveitados, graças ao facto da Apple controlar o software mas também o hardware que vai para dentro dos seus aparelhos. Devido a isto, as aplicações parecem mais fluídas, mais rápidas e sobretudo mais poderosas.

Curiosamente, foi com o iPhone 6s em 2015 que aprendi a não julgar a tecnologia pela sua folha de especificações. Ao fim ao cabo, o iOS é um sistema operativo mais focado e mais eficiente em comparação com qualquer Android no mercado, e no fim do dia, isto faz toda a diferença. Aliás, este mesmo iPhone 6s ainda está vivo, a receber atualizações e a funcionar todos os dias sem qualquer problema… Passados 5 anos!

Mas se pensa que as vantagem estão apenas no iOS, está muito enganado, o iPhone 11 Pro é ainda uma referência na performance (contando com o SoC mais poderoso no mercado), mas também no mundo das câmeras!

Sim, já passaram 6 meses, mas muitos especialistas continuam a olhar para o mais recente iPhone como o pacote com mais performance para tirar fotografias ou filmas, preferindo este smartphone ao tradicional rei deste departamento, o Google Pixel.

Claro que o S20 Ultra pode oferecer um kit mais completo, tal e qual como o Mate 30 Pro, P40 Pro e até o Mi Note 10 que tivemos o prazer de analisar há alguns meses. Mas muito dificilmente irá conseguir tirar uma foto sem espinhas à primeira tentativa, da mesma forma que o faz com o iPhone.

Em suma, o meu único receio na compra de um iPhone em Abril de 2020, é mesmo o que poderá acontecer no próximo mês de Setembro. Afinal, esta já é o terceiro refresh ao design do iPhone X, e muitos são os ‘leaks’ a apontar para um grande redesign com o iPhone 12 Pro (ou apenas iPhone Pro 2020), com uma ‘notch’ mais pequena, margens quase invisíveis, bem como uma nova aposta nas câmeras traseiras. Ou seja, eu nem sequer estou a comparar o iPhone com o que temos no mundo Android, estou a comparar com o próximo iPhone.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Entretanto, se estiver interessado no iPhone 11 Pro, poderá encontrar aqui na GMS Store. O maior revendedor de material Apple em Portugal Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

China apostou tudo de forma a ser independente!

Caso não saiba, depois dos últimos anos de guerra comercial com os Estados Unidos, a China decidiu começar a tomar algumas medidas drásticas para...

Disco para a XBOX S custa quase tanto como a consola!

Se já se perguntou de quanto dinheiro necessita para adicionar um disco à Xbox Series S de 512 GB ou à Xbox Series X...

Xiaomi vai apostar em monitores baratos de 240Hz e 360Hz!

Há alguns dias noticiámos que a Xiaomi estava a preparar uma nova gama de monitores com altas taxas de atualização a começar nos 145$....

(Análise) Fonte Corsair CX650F RGB: Sim… Uma fonte com RGB!

Corsair CX650F RGB: Sim... Uma fonte com RGB! - A Corsair é para mim uma das marcas de referência no mundo das fontes de...

Não sabe que série ver na Netflix? Eis o Top 10 das melhores!

A Netflix é constituída por grandes projectos que fazem com que a plataforma seja neste momento uma das maiores e melhores em todo o...