O iPhone XR bate o iPhone XS e XS Max em vários benchmarks

Os mais recentes rumores a circular na indústria, mencionam que o iPhone XR não está a vender de acordo com as expectativas…

Isto porque, muitos meses antes do lançamento, antes de sabermos o nome real do aparelho. E até depois de ter sido revelado, este modelo era apontado como o aparelho a ter, e a versão que mais vendas iria conseguir no fim de 2018 e ao longo do ano de 2019.

Contudo, parece que as coisas acabaram por não enredar por esse caminho.

Mas isto não quer dizer que o iPhone XR não seja um excelente aparelhos como podemos ver pela grande série de benchmarks, que o compara com vários aparelhos topo de gama Android, bem como os seus irmãos XS e XS Max.

Em suma, o Apple iPhone XR bate o iPhone XS Max em performance no GeekBench! Ganhando também na autonomia devido ao uso de um ecrã LDC

o iPhone XR

Mas antes dos resultados, é preciso olhar para algumas especificações! Afinal de contas, o iPhone XS e iPhone XS Max têm resoluções bastante superiores ao XR, além disso, contam com ecrãs OLED.

iPhone XRiPhone XSiPhone XS Max

Ecrã6.1″, LCD5.8″, Super AMOLED6.5″, Super MOLED
Resolução1792×8282435×11252688×1242
Bateria2942mAh2658mAh3174mAh

A Apple decidiu diversificar um pouco a sua linha de iPhone em 2018. Dito isto, o iPhone XR é um excelente indicador daquilo que a empresa quer realmente mudar.

Para começar, o iPhone XR tem uma bateria e tamanho de ecrã bastante similar ao iPhone 7 Plus… Contudo, o XR tem mais 1h45min de autonomia em relação ao iPhone 7 Plus.

Além disto, o iPhone XR consegue bater o iPhone XS e iPhone XS Max numa série de benchmarks! Por isso, além de maior autonomia e eficiência, o ‘XR’ é também um pouco mais poderoso que os modelos mais caros.

A vantagem é maior no Antutu, onde consegue uns surpreendentes 335.174 pontos!

Nos testes de bateria do GeekBench 4, o ecrã LCD ajuda imenso o iPhone XR a conseguir uma pontuação superior.

Em suma, o XR consegue atingir os 333 minutos! Deixando o iPhone XS Max e iPhone XS em segundo e terceiro respectivamente.

Curiosamente, este teste é um bom indicador de como o aparelho se irá comportar na vida real. (Mas é claro que os seus resultados no dia a dia serão superiores a estes aqui mencionados.)


Partiu o vidro, a sua bateria já não funciona corretamente ou infelizmente o seu iPhone já não funciona como antes?

Não se preocupe, a iLoja efetua reparação iPhone na hora, normalmente em menos de 30 minutos. Com lojas localizadas em Lisboa, Porto e Braga, e uma vasta equipa de técnicos certificados, poderá voltar a dar vida absoluta ao seu aparelho com grande rapidez!”


Fonte