Nvidia faz aquisição e prepara “all-in” na área das comunicações

A Nvidia pode ser mais conhecida pelas suas placas de vídeo. No entanto, esta empresa tem outros interesses para além deste mercado. Assim está envolvida em sistemas de inteligência artificial, data centers e ainda tecnologia automóvel. Agora este fabricante quer apostar nas áreas paralelas (mas lucrativas). Assim, adquiriu a empresa Mellanox Technologies por 6.9 mil milhões de dólares. Aquisição bem feita? Sem dúvida que sim.

Esta notícia da aquisição já tinha sido avançada esta manhã pela Bloomberg e pela Reuters.

As duas agências noticiosas tinha destacada a enorme soma envolvida – a maior quantia paga por uma aquisição – até hoje. No entanto, a Nvidia não era a única empresa à espreita da Mellanox. A Intel, por exemplo, já tinha oferecido 6 mil milhões há alguns meses, juntamente com a Xilinx.

aquisição

A startup israelita Mellanox, que tem um valor de mercado de cerca de 5,9 mil milhões de dólares, concentra-se principalmente na venda de hardware de rede baseado nos protocolos de comunicação Ethernet e InfiniBand utilizados ​​para servidores e armazenamento em data centers.

Na prática, os chips da Mellanox aumentam a velocidade através da qual os dados são transferidos dos componentes dentro e entre os computadores.

Isto é um fator importante para as empresas de hoje. É que a velocidade pode fazer uma grande diferença nas redes empresariais e no acesso a serviços na cloud.

Com as receitas provenientes de data centers a representarem metade das vendas da Nvidia, é fácil percebermos o motivo para a aquisição da empresa israelita. Para além disso, os chips da Mellanox podem ainda ser úteis em áreas como carros autónomos e supercomputadores, para além dos servidores locais.

De facto a Nvidia estava a a precisar de boas notícias. É que as vendas de placas gráficas caíram 7,6% durante o quarto trimestre do ano passado, resultado do excesso de stock causado pelo crash da criptomoeda. Em dezembro, o mesmo problema contribuiu para que as ações deste fabricante perdessem quase metade do seu valor.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Office: há uma nova versão para insiders e já pode descarregar!

A Microsoft lançou uma nova versão do Office para insiders e já a pode e deve descarregar. Trata-se da Build 14517.20000 e está disponível para...

Conta Google: atenção se receber este aviso pode ficar sem conta!

É muito raro conseguirmos encontrar uma pessoa que não utiliza produtos Google como o Gmail e o Google Fotos, ou que não tem uma...

Surpresa! Netflix renovou esta série para a segunda temporada!

Com o passar das várias semanas de cada mês, vamos recebendo cada vez mais projetos na Netflix. Sendo que os mesmos acabam por se...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!