NVIDIA e AMD acima dos 2000€, Intel nos 300€. E agora?

Como deve saber, a NVIDIA já revelou a sua nova geração, na forma de três placas gráficas, a RTX 4090, a RTX 4080 16GB e a RTX 407… Oops, RTX 4080 12GB.

Entretanto, a AMD também está prestes a lançar as suas primeiras placas RDNA3, em pelo menos duas versões, uma RX 7900 XT, e claro, uma RX 7800 XT.

Estes dois lançamentos têm algo em comum! Os preços incrivelmente altos, e na verdade assustadores, que começaram a fazer com que muitos consumidores estejam a questionar se faz sentido boicotar o lançamento.

Afinal, caso não saiba, a RTX 4090 já apareceu a 1999$, um preço que em Portugal, rapidamente se vai transformar em 2200€~2300€. Um preço, que claro está, se deverá repetir na placa gráfica mais poderosa do lado da AMD.

Acha que faz sentido pagar 2200€ por uma placa gráfica topo de gama?

Pois, a Intel, que nas últimas semanas se tem tentado defender de rumores acerca do “fim” da sua aposta gráfica, aproveitou estes anúncios ao máximo, ao lançar a sua placa gráfica mais poderosa a 349$. (Em Portugal ainda não fazemos ideia dos preços, mas deve ficar longe dos 400€)

Uma placa que obviamente não chega aos calcanhares de uma RTX 3090, ou RTX 4090… Mas… Precisa mesmo de uma placa super poderosa? 

NVIDIA e AMD acima dos 2000€, Intel nos 300€. E agora?

Portanto, os jogadores mais endinheirados já marcaram o dia 12 de Outubro, como uma data importante nos seus calendários. Afinal, é neste dia que as primeiras unidades da RTX 4090 chegam às prateleiras.

Mas… Temos de ser realistas! Numa altura em que a crise de produção já não tem o peso que tinha, que o COVID é cada vez mais algo pertencente ao passado, e estamos no meio de uma época de incerteza económica… Faz sentido lançar componentes a 2000€? Especialmente quando nesta altura do campeonato, o mining via placas gráficas está basicamente “morto”?

Quem é que vai comprar estas placas? Ou melhor, quem é que vai comprar estas placas gráficas a estes preços, e quem é que vai comprar placas gráficas com 2 anos, a 1000€? Como é o caso da RTX 3090?

A NVIDIA e AMD estão a jogar um jogo perigoso, e como tal, a Intel está a tentar aproveitar a situação, ao lançar placas gráficas entre os 250€ e os 350€.

Placas capazes de chegar aos níveis de performance das muito populares RTX 3060 e RTX 3060 Ti, que diga-se de passagem, é um nível de performance mais do que o suficiente para a grande maioria dos jogadores casuais, especialmente para aqueles que estiveram os últimos 2 anos a tentar atualizar os seus computadores, sem sucesso.

Em suma, a AMD e NVIDIA têm de levar com um ‘reality check’, e isso só depende de nós, os entusiastas.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Siga-nos ou clique no símbolo da estrela no canto superior direito.
mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Receba a nossa Newsletter

Outros artigos

Google vai sofrer uma revolução com a loucura do ChatGPT

Como deve imaginar, apesar de alguns relatos mais 'flamejantes'...

Televisão 8K de 110” com 3D inovador. Comprava?

Como deve saber, as TVs 4K já são banais...

Intel baixa preço dos processadores em 20% (Core 12000)

No ano passado tivemos um aumento nos preços em...

Odeia o Teams? Isto vai melhorar a experiência!

A pandemia de COVID-19 já está, em grande parte,...

Acer já vende placas gráficas Intel, mas quer vender AMD

A Acer é uma das maiores fabricantes do mundo...