AMD B550

Hoje, a Xiaomi lançou o Redmi 8 e o Redmi 8A no mercado chinês. No entanto, esta não foi a única novidade. É que esta empresa anunciou também que vai lançar um novo RedmiBook. A estreia vai ocorrer no dia 21 de outubro. Logo à partida temos uma grande diferença a assinalar. É que em oposição aos RedmiBook e RedmiBook Pro lançados anteriormente, que vêm equipados com um processador intel, o próximo portátil virá equipado com o chipset AMD Ryzen.

Novo RedmiBook chega a 21 de Outubro com processador AMD Ryzen

A razão para a escolha de um processador AMD é óbvia por parte da Xiaomi. É que olhando para a oferta dos dois principais concorrentes, a Intel e a AMD, os processadores Ryzen (da AMD) têm, para já, uma relação qualidade/preço superior, em relação às apostas da gama i da Intel.

Assim, conforme referiu o vice-presidente da Xiaomi, Lu Weibing, este portátil terá uma excelente relação qualidade/preço.

Infelizmente não foram revelados mais pormenores acerca desse portátil. No entanto, com base em relatos provenientes de fontes diferentes, o primeiro AMD RedmiBook será equipado com o processador Ryzen 5 3550H.

Novo RedmiBook

O Ryzen 5 3550H é um processador que opera a uma velocidade base de 2,1 GHz, mas que pode ir aos 3,7 GHz. É fabricado através de um processo de 12 nm e possui um TDP (Thermal Dissipation Power) de 35 W. Entretanto, ao nível da placa gráfica, o próximo RedmiBook deverá apostar numa Radeon Vega 8 que também é desenvolvida pela AMD.

Entretanto, o responsável da Redmi afirmou que os portáteis terão um papel fundamental na adoção da Internet das Coisas (Internet of Things), que é considerada a próxima grande novidade no campo da tecnologia. Por fim, referiu que o novo RedmiBook vai complicar o mercado devido à excelente relação qualidade/preço que os outros terão de acompanhar.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.