Nintendo ganha três milhões numa semana com o Pokemon Quest

A versão para dispositivos móveis do Pokemon Quest conseguiu três milhões de dólares em apenas uma semana. Anunciado no final de maio, este jogo de RPG estreou-se na consola Nintendo Switch antes de chegar ao Android e iOS várias semanas depois.

Após os primeiros sete dias no mercado dos dispositivos móveis, o jogo acumulou 3,5 milhões de downloads e ofereceu aos produtores cerca de 85 cêntimos por utilizador.

Um dos aspetos interessantes deste jogo é que não procura extorquir dinheiro aos utilizadores como se não houvesse amanhã. Assim, os jogadores só podem adquirir alguns pacotes de aventuras com conteúdo exclusivo até atingirem cerca de 30 Euros. Depois não voltam  ser incentivados a gastar dinheiro.

Criado pela GAME FREAK inc., o Pokémon Quest transporta os jogadores até Tumblecube Island, onde tudo é em forma de cubo – incluindo os Pokémon. Percorra toda a ilha à caça de tesouros, lute contra Pokémon selvagens, descubra territórios por explorar e prepare mesmo deliciosas guloseimas para atrair novos Pokémon para a sua equipa. As funcionalidades do jogo Pokémon Quest incluem:

  • Batalha por toque – O Pokémon Quest oferece controlos táteis intuitivos que podem ser utilizados por todos os jogadores.
  • Estabeleça uma amizade com inúmeros Pokémon – Utilize os itens recolhidos ao longo das expedições, para se tornar amigo de uma grande variedade de Pokémon.
  • Crie a sua equipa de Pokémon perfeita – Junte-se a três dos seus amigos Pokémon para travar batalhas nos mais diversos ambientes.
  • Desfrute de Pokémon únicos – Utilize diferentes Power Stones para personalizar os seus amigos Pokémon como preferir e atribuir-lhes estatísticas específicas.
  • Personalize o seu acampamento – Decore a sua casa com objetos engraçados e divertidos que não só melhoram o ambiente, mas também oferecem benefícios no jogo.

 

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário