Agora é mais difícil ganhar dinheiro no YouTube


Por em

Nos últimos anos, o Youtube tem sido mais rigoroso nas suas regras em torna da monetização de vídeos, dificultando cada vez mais ganhar dinheiro na plataforma.

Monetização ganhar dinheiro no YouTube é mais difícil 

O YouTube decidiu aumentar os requisitos para a entrada no programa de parceiros, com os candidatos a precisarem de 4000 horas de exibição de vídeo ao longo de um ano, e pelo menos 1000 subscritores.

As horas de exibição não faziam parte da lista de requisitos, que antigamente apenas pedia 10.000 visualizações no canal para ser aceite como parceiro.

Esta nova medida aumenta significativamente a dificuldade dos canais mais pequenos conseguirem monetização do seu conteúdo, algo que o YouTube diz que é positivo para a plataforma.

  • Pois elimina quem apenas procura dinheiro fácil, ou seja, é uma medida com o intuito de recompensar quem realmente trabalha para o crescimento do seu canal e da plataforma.

Medidas em resposta à polémica ?

Monetização ganhar dinheiro no YouTube é mais difícil 
Logan Paul na floresta Aokigahara.

A introdução destas novas regras vêm depois da controvérsia com Logan Paul, uma super estrela do YouTube que publicou um vídeo que mostrava um cadáver numa zona do Japão prolífica em casos de suicido, a floresta Aokigahara.

Este vídeo esteve online durante 24 horas sem qualquer interferência do YouTube, deixando várias personalidades indignadas a apontar o dedo para a gerência.

– O vídeo foi apenas retirado do canal pelo próprio Logan Paul.

Medidas para responder à polémica ?

Desde aí algumas medidas de “castigo” foram aplicadas à celebridade, o canal do jovem foi removido do programa de canais preferidos para anúncios, e o seu envolvimento em projectos do YouTube Red suspensos, medidas para tentar limpar o nome da YouTube e por consequência da Google.

No seu anúncio, o Youtube não fala de Logan Paul, mas referência que são medidas para

“Um aumento dos padrões, para nos ajudar a evitar que videos potencialmente inapropriados sejam monetizados, o que pode prejudicar as receitas para todos”.

Separar o trigo do joio

“Chegámos a estas conclusões após extensa análise e de conversas com criadores como você, que irão ajudar a melhorar significativamente a nossa habilidade de identificar criadores de conteúdo que contribuem positivamente para a comunidade e tentar que sejam esses indivíduos que realmente fiquem a ganhar com a publicidade do YouTube”

O que acham disto ? Um passo em frente, ou dois passos atrás ?

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Têm um Xiaomi? Com o MIUI 9 os jogos correm mais rápido

Razer Phone 2 em Setembro, e talvez não chegue sozinho !

Seguinte