ps5

(Leak) Novas informações acerca do aspeto e especificações da PS5 – É bem provável que já tenha visto a imagem real, bem como as renderizações do DevKit da PlayStation 5. Que na verdade, conta com um design em formato de um ‘V’ bastante interessante.

Óbvio que o uso do ‘V’ é uma menção ao número 5, mas porquê a forma e tamanho desta máquina? Aparentemente, é para tentar levar o sistema mesmo ao limite, de forma a perceber que potência é realmente necessária para correr os novos jogos, mas também os títulos da PS4, PS3, PS2 e PS1.

Já viu as últimas renderizações da PlayStation 5? Agora já é possível ver a consola em toda a sua glória!

ps5

Portanto, como dissemos em cima, o design é realmente bastante estranho. Aliás, é bem provável que o aspeto final da consola seja bem diferente deste que encontramos aqui. (Como é costume, o design final deverá ser algo que fique bem em qualquer sala de estar, por esse mundo fora… Contudo, existem exceções, como o caso da Xbox One X.)

Então, porquê este estranho design no DevKit da PS5?

A explicação é na verdade bastante simples… Os ‘DevKits’ são construídos para levar o hardware escolhido pela fabricante ao limite. Neste caso, podemos encontrar um SoC AMD com 8 núcleos Zen 2, bem como um GPU Navi ‘Custom’ com suporte a Ray-Tracing. Em suma, os programadores são encorajados a levar o sistema ao limite, chegando ao máximo das suas possibilidades! E para isso, a Sony teve de exagerar um pouco no arrefecimento da máquina.

Assim, à medida que os ‘devs’ percebem como tudo funciona, e começam a otimizar o seu software para o hardware em questão. O design da PS5 irá mudar para algo menos estranho e massivo.

No entanto, de forma bem curiosa, não estamos aqui a falar apenas do poder necessário para correr os novos jogos PS5 que deverão chegar ao mercado com resoluções 4K/8K, Ray-Tracing e 120FPS… A Sony também está a tentar perceber que tipo de hardware será necessário para suportar Retro-Compatibilidade total com todos os jogos que já foram lançados para as consolas PlayStation.

É que apesar de os jogadores acharem que o suporte aos antigos jogos é tarefa fácil. A emulação é das coisas mais complicadas de fazer no mundo da computação. Especialmente quando temos em conta que a PS3 utilizou um dos processadores mais complicados do mundo dos videojogos, o Cell. Felizmente, parece que a Sony está a conseguir cumprir a sua missão neste campo. Resta saber é se vai cumprir tão bem como a sua rival Microsoft.


(Leak) Novas informações acerca do aspeto e especificações da PS5 – Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.