League of Legends ultrapassou Fortnite no Streaming! O que se passa?

League of Legends

League of Legends ultrapassou Fortnite no Streaming! O que se passa? – O jogo ‘Battle Royale’ Fortnite, tem gozado de uma popularidade nunca antes vista no mundo dos videojogos. Afinal de contas, até já reclamou para si o título de jogo mais ‘streamed’ na plataforma Twitch.

Contudo, algo se passou, e o velhinho ‘League of Legends’ voltou dos mortos para recuperar a primeira posição na plataforma! Com mais de 512 milhões de horas visualizadas nos últimos 6 meses.



Portanto, como deve saber, o Twitch é muito provavelmente a maior plataforma de streaming de jogos do planeta. E por isso, é também algo crítico para a popularidade de um jogo, nos anos que correm.

League of Legends

Ou seja, quando um influenciador faz stream de um jogo, o seu conteúdo pode muito bem ser visto por vários milhões de potenciais consumidores. É uma tendência que produz Hype, e até já ganhou a atenção dos estúdios e publishers! (Visto que estes até já começaram a pagar a certos streamers, para se focarem nos seus jogos.)

Resumindo e concluindo, ter o jogo mais visualizado do Twitch, é algo sem preço para as grandes empresas deste meio

Então, de acordo com alguns dados publicados pelo ‘The Esports Observer’, nos primeiros seis meses de 2019, a audiência do Twitch observou cerca de 512 milhões de horas do MOBA da Riot, League of Legends.

Uma subida muito significativa em relação aos número da mesma altura do ano passado (435.2 milhões de horas). Aliás, muitos esperam que o jogo chegue ao mil milhão de horas ‘streamed’ até ao fim do ano.

E é aqui que começamos a falar de Fortnite, o único que chegou à marca do ‘bilião’ (Mil milhões de horas)

Fortnite

Tudo isto acaba por ser impressionante, quando temos em conta que League of Legends foi lançado há 10 anos, em 2009. Em comparação, Fortnite chegou ao mercado em 2016. Em boa verdade, ver um jogo de 2009 a meter um de 2016 no bolso, acaba por ser bastante interessante.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

Fonte