JPG e JPEG: são realmente o mesmo tipo de ficheiro?

Quem utiliza um computador, uma câmara digital ou até um smartphone provavelmente já viu ficheiros com extensões JPG ou JPEG. Mas serão a mesma coisa? Qual é a diferença? Vamos explicar tudo.

JPG e JPEG: são realmente o mesmo tipo de ficheiros?

Por vezes em alguns editores de imagem temos a oportunidade de gravar nos formatos JPG ou JPEG e algumas pessoas preocupam-se realmente com isto. No entanto será que há motivos para preocupação.

Na realidade JPEG e JPG são duas abreviaturas para o mesmo formato de imagem.

“JPG” e “JPEG” são duas extensões de ficheiro equivalentes que se referem ambas exatamente ao mesmo formato de imagem digital. JPEG é uma abreviatura para “Joint Photographic Experts Group”, que é um grupo da indústria tecnológica que criou o formato de imagem JPEG amplamente utilizado em câmaras digitais, redes sociais e na Internet.

- Advertisement -

Então qual a razão para a diferença de nomes?

O formato JPEG teve a sua origem em 1992. Nessa altura, a maior parte dos computadores pessoais do mundo funcionava com o sistema operativo Microsoft MS-DOS, que só suportava extensões de ficheiros de três letras. Como resultado, os ficheiros JPEG ganharam a extensão “JPG” no MS-DOS e nas primeiras plataformas Windows. Entretanto, a plataforma Apple Macintosh (utilizada na altura por uma pequena minoria de proprietários de computadores) não tinha tal limitação, por isso os ficheiros JPEG muitas vezes utilizavam a extensão sem limitações no tamanho.

Entretanto, hoje em dia, tanto o Windows como o MacOS podem lidar com a extensão completa de ficheiros .JPEG, e a maioria das aplicações compreendem e abrem ambos os ficheiros .JPG e .JPEG igualmente. Portanto, se tiver ficheiros com qualquer extensão que abra corretamente num visualizador ou editor de imagens, não há necessidade de fazer quaisquer alterações da sua parte.

É possível converter JPEG para JPG?

Como os ficheiros JPEG e JPG são exatamente o mesmo formato de imagem, nenhuma conversão é necessária para transformar um ficheiro JPG num JPEG, ou vice-versa.

Em vez disso, tudo o que precisa de fazer é renomear o ficheiro de imagem e alterar a extensão do ficheiro. Por exemplo, se tem um ficheiro chamado “IMAGEM.JPEG”, e prefere ter “IMAGEM.JPG” mude simplesmente a extensão. Também pode fazer sem qualquer problema o processo inverso.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.