Já conhecemos a performance da RTX 3050 e RTX 3050 Ti

Está no mercado à procura de um novo portátil com algumas capacidades gráficas para jogar e/ou trabalhar? Então é boa ideia esperar algum tempo! (Ou não… Visto que está tudo a ficar mais caro, a cada semana que passa!)

Afinal de contas, tudo indica que a NVIDIA está prestes a lançar GPUs mobile mais amigos da carteira, e da bateria do portátil, onde temos de destacar os RTX 3050 e RTX 3050 Ti.

Estamos a falar de placas gráficas que deverão substituir as velhinhas GTX 1650 e GTX 1660 Ti, que como dissemos em cima, vão ajudar bastante na autonomia das máquinas. Afinal, vão contar com uma funcionalidade que basicamente ajusta o TDP entre os 35W e 80W. Desta forma será possível contar com performance de alto nível, sem arruinar a bateria do computador.



Já conhecemos a performance das novas placas mobile ‘budget’ da NVIDIA

Portanto, as placas gráficas RTX 3050 e RTX 3050 Ti mobile são ofertas de nova geração para a gama média-baixa baseadas na mesma arquitetura Ampere que dá vida às tão populares RTX 3070, 3080 e 3090.

Entretanto, no campo das especificações técnicas, a RTX 3050 vai contar com 2048 núcleos CUDA e uma frequência base entre os 713 MHz e 1530 MHz (o boost vai chegar aos 1740 MHz). Já a versão Ti irá contar com 2560 núcleos CUDA e frequências muito similares.

Ambas as placas irão ter 4GB de memória GDDR6 (88 GB/s), com a seguinte performance:

rtx 3050 e rtx 3050 e


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também