(IPTV Pirata) Amazon faz dinheiro à sorte com o serviço ilegal

Caso não saiba, no passado mês de Abril, tivemos uma coligação de gigantes do entretenimento a tentar acabar com um dos maiores distribuidores de IPTV Pirata do planeta, a Nitro TV. Estamos a falar de uma aliança entre a Universa, Paramount, Columbia, Disney e claro, a Amazon.

No entanto, numa reviravolta super interessante, o serviço de distribuição de sinal afirma que a Amazon não tem qualquer direito de os atacar em tribunal, por fazer milhões a vender aparelhos que servem apenas e só para o IPTV Pirata na sua plataforma de vendas online.



(IPTV Pirata) A Amazon faz dinheiro à sorte com o serviço ilegal… Por isso, não pode ir a tribunal!?

IPTV

Portanto, a defesa da Nitro TV, que distribuia centenas de canais ‘Premium’ na sua própria plataforma a troco de uma subscrição mais baixa em relação aos serviços ‘normais’. Está agora a tirar partido de uma fragilidade da Amazon! Uma das grandes empresas que faz parte da coligação que meteu o serviço IPTV em tribunal.

Ao fim ao cabo, além de várias outras justificações e explicações, o documento afirma que a organização que está a meter a Nitro TV em tribunal tem as ‘mãos sujas’. Visto que a Amazon permite a venda de aparelhos e até pacotes de IPTV na sua plataforma de vendas online.

Ou seja, muito resumidamente, como a Amazon anda a fazer milhões à pala do IPTV, não pode meter os outros em tribunal. Aliás, a defesa chega ainda mais longe, ao afirmar que se a Amazon pode fazer dinheiro com este tipo de serviços sem qualquer tipo de consequência… Então não existe qualquer caso contra a Nitro TV!

Entretanto, é óbvio que isto não vai pegar, devido a várias afirmações sem justificação por parte da defesa da Nitro TV. Além disso, os advogados já pediram um julgamento com júri, por isso, nos próximos tempos as investigações apenas irão aumentar de tom.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também