iOS 12 vai partilhar a localização em chamadas de emergência!

A Apple anunciou uma nova funcionalidade, que vai chegar ao iPhone com o iOS 12! Mas o mais importante, é que tem imenso potencial para salvar muitas vidas!

Em suma, o iPhone a partir do iOS 12 irá partilhar automaticamente a localização durante chamadas de emergências nos Estados Unidos.

Esta nova funcionalidade é baseada no sistema Apple HELO(Hybridized Emergency Location) que foi lançado em 2015. Que usa dados da rede móvel, GPS e pontos de acesso Wi-Fi para estimar a localização do telemóvel.

Em paralelo, com a ajuda da empresa ‘RapidSOS’, o novo sistema irá ser integrado com o já existente software nos centros de resposta. Portanto, permitindo uma rápida e segura partilha dos dados de localização! Tudo para assegurar um tempo de resposta mais reduzido.

A Apple assegurou que os dados partilhados desta maneira, apenas podem ser usados em situações de emergência, e que os centros de resposta vão ter o acesso restrito apenas à duração da chamada.

O site 9to5Mac menciona que até já existe uma aplicação chamada ‘RapidSOS Haven’ que permite ao utilizador partilhar a localização com os serviços de emergência. Dito isto, o iOS 12 vai implementar várias funcionalidades desta aplicação, diretamente no sistema operativo.

A Apple adicionou o suporte a Advanced Mobile Location (AML) no iOS 11.3, que automaticamente partilha a localização do utilizador em caso de uma chamada de emergência, mas apenas em países que suportem a funcionalidade.

Esta nova adição vai fazer com que os iPhones cumpram uma regra da FCC, que obriga a que os fornecedores de rede móvel consigam localizar os seus utilizadores num raio de 50m em pelo menos 80% do tempo até 2021.


Apple iOS 12 oficializado: Tudo o que precisa de saber

iOS 12

Desempenho

O responsável da Apple apontou baterias ao sistema operativo Android antes de realmente partilhar as novidades referentes ao iOS 12.

Logo para começar, Federighi revelou que o iOS 12 se vai concentrar no desempenho! E que será compatível com todos os dispositivos que já executam o iOS 11. Esta é sem dúvida uma enorme base de utilizadores para receberem no seu smartphone o novo sistema da Apple.

Federighi afirma que as aplicações serão lançados 40% mais rapidamente. Já no teclado o aumento da velocidade de lançamento vai situar-se nos 50%. A câmara será também muito mais rápida, chegando a 70% nos dispositivos mais antigos. Isto acontece porque a Apple ajustou o sistema de lançamento de aplicações. Em paralelo, o processador agora funciona sempre na velocidade máxima quando está em carga.

Para ler mais, carregue aqui.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário