iOS 12 vai partilhar a localização em chamadas de emergência!


Por em

A Apple anunciou uma nova funcionalidade, que vai chegar ao iPhone com o iOS 12! Mas o mais importante, é que tem imenso potencial para salvar muitas vidas!

Em suma, o iPhone a partir do iOS 12 irá partilhar automaticamente a localização durante chamadas de emergências nos Estados Unidos.

Esta nova funcionalidade é baseada no sistema Apple HELO(Hybridized Emergency Location) que foi lançado em 2015. Que usa dados da rede móvel, GPS e pontos de acesso Wi-Fi para estimar a localização do telemóvel.

Em paralelo, com a ajuda da empresa ‘RapidSOS’, o novo sistema irá ser integrado com o já existente software nos centros de resposta. Portanto, permitindo uma rápida e segura partilha dos dados de localização! Tudo para assegurar um tempo de resposta mais reduzido.

A Apple assegurou que os dados partilhados desta maneira, apenas podem ser usados em situações de emergência, e que os centros de resposta vão ter o acesso restrito apenas à duração da chamada.

O site 9to5Mac menciona que até já existe uma aplicação chamada ‘RapidSOS Haven’ que permite ao utilizador partilhar a localização com os serviços de emergência. Dito isto, o iOS 12 vai implementar várias funcionalidades desta aplicação, diretamente no sistema operativo.

A Apple adicionou o suporte a Advanced Mobile Location (AML) no iOS 11.3, que automaticamente partilha a localização do utilizador em caso de uma chamada de emergência, mas apenas em países que suportem a funcionalidade.

Esta nova adição vai fazer com que os iPhones cumpram uma regra da FCC, que obriga a que os fornecedores de rede móvel consigam localizar os seus utilizadores num raio de 50m em pelo menos 80% do tempo até 2021.


Apple iOS 12 oficializado: Tudo o que precisa de saber

iOS 12

Desempenho

O responsável da Apple apontou baterias ao sistema operativo Android antes de realmente partilhar as novidades referentes ao iOS 12.

Logo para começar, Federighi revelou que o iOS 12 se vai concentrar no desempenho! E que será compatível com todos os dispositivos que já executam o iOS 11. Esta é sem dúvida uma enorme base de utilizadores para receberem no seu smartphone o novo sistema da Apple.

Federighi afirma que as aplicações serão lançados 40% mais rapidamente. Já no teclado o aumento da velocidade de lançamento vai situar-se nos 50%. A câmara será também muito mais rápida, chegando a 70% nos dispositivos mais antigos. Isto acontece porque a Apple ajustou o sistema de lançamento de aplicações. Em paralelo, o processador agora funciona sempre na velocidade máxima quando está em carga.

Para ler mais, carregue aqui.

Leia também

Ou veja mais notícias de Apple

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Como construir um sistema de domótica – Parte #3

Processador Intel ‘Ice Lake’ encontrado num benchmark!

Seguinte