Instagram partilha 79% dos seus dados pessoais com terceiros

O Instagram é a aplicação mais invasiva no que diz respeito à partilha de dados segundo a empresa de alojamento na cloud, pCloud. Assim é referido que partilha 79% dos seus dados pessoais com empresas de terceiros, incluindo informações sobre compras, dados pessoais e histórico de navegação. Para além disso ainda utiliza 86% dos seus dados para os vender a produtos internos do Facebook! A seguir está o Facebook o que também não é de estranhar. Entretanto também há um aspeto positivo. O Signal, Clubhouse e Netflix não partilham os seus dados com ninguém nem os utilizam para efeitos de marketing.

Oops! Instagram partilha 79% dos seus dados pessoais com terceiros!

O pCloud analisou os dados através dos novos indicadores de publicidade da App Store. Assim concluiu que o Instagram e o Facebook partilham a maior quantidade de dados com outras empresas e utilizam-nos para benefícios próprios em termos de marketing.

Instagram partilha dados

Mas no meio de tantos perigos há aplicações que não recolhem os seus dados. E são mais do que possa imaginar. Falo do Signal, Netflix, Clubhouse, Skype, Microsoft Teams e Google Classroom. De facto, é a aplicação mais segura de usar.

A pCloud refere que devido a esta partilha tão grande de informação do Instagram e do Facebook não é de estranhar que haja tanto conteúdo promovido nestas plataformas a aparecerem nos nossos murais. Mas eles vão ainda mais longe e referem que com milhões e milhões de utilizadores é preocupante que o Instagram seja um hub de partilha de informação.

Entretanto a lista da pCloud coloca outras aplicações no top das que mais partilham dados e pode ser igualmente preocupante.

Instagram partilha dados

Nas mais conhecidas estão o LinkedIn, Uber Eats e YouTube.

De facto, o LinkedIn e Uber Eats estão assinaladas como partilhando 50% dos dados com terceiros. Já o YouTube partilha 42% dos seus dados pessoais. No caso da gigante dos vídeos, a pCloud diz que estes dados vão para todo o tipo de publicidade que vê antes e depois dos vídeos.

Já o eBay chega em quinto lugar com 40% dos dados partilhados.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também