Youtube possui falha que está a ser explorada para alojar pornografia


Por em

Uma falha no serviço Youtube, propriedade da Google, está a ser explorada para alojar conteúdo para adultos.

Esta falha já há muito que era conhecida e era usada para outro tipo de conteúdos, no entanto, segundo o TorrentFreak, este método está agora a ser explorado para armazenar conteúdo pornográfico, contornando dessa forma os termos de utilização do serviço.

De acordo com a informação agora avançada, a falha consiste no vulgar upload de vídeos para o Youtube configurando a sua visualização como “privado”. Desta forma, os vídeos colocados, não ficam disponíveis publicamente, apenas sendo possível visualizá-los através de um link direto gerado pelo próprio Youtube.

Os vídeos são assim transmitidos de forma direta através do domínio googlevideo.com, o que acaba por dificultar a sua identificação por parte do sistema de deteção de conteúdos protegidos pelos direitos de autor.

O TorrentFreak realça que a deteção e a remoção destes vídeos por parte da Google podem demorar alguns dias, podendo mesmo chegar até às três semanas. Os dados são apresentados no Relatório de Transparência da Google onde é patente que este método tem vindo a ser bastante usada existindo milhares de notificações indicando que os domínios da Google de alojamento vídeo (Google Vídeo) e ficheiros (Google Drive) deverão estar a ser usados para este fim…

Os serviços de conteúdos pornográficos ao usarem este método acabam por usar gratuitamente o serviço Youtube e dessa forma obterem mais lucro e reduzir custos…

Os responsáveis do Youtube e da Google não quiseram tecer quaisquer declarações.

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.