Uber Eats não gostou das limitações do governo e… Faz birra?

Como deve saber, a partir da meia-noite de dia 15 de janeiro, vamos entrar num novo confinamento! (Apesar de ser um confinamento estranho, com 52 exceções… Mas isto é outro tema de conversa, para outra altura e outro sítio). Assim, isto significa que a Uber Eats vai novamente ser o prato do dia para muito boa gente por esse país fora.

No entanto, o governo decidiu limitar os valores/taxas das comissões dos serviços de entrega. O que aparentemente não caiu muito bem junto do famoso serviço… Que por sua vez já reagiu, um pouco em tom de ameaça. Quase a dizer que o serviço poderá piorar no futuro, devido ao corte nas taxas e taxinhas.

São afirmações que não fazem muito sentido, especialmente porque o comunicado fala de apoio à restauração!

Portanto, estamos a falar de um segmento de mercado que está com a corda do pescoço desde o primeiro confinamento. E que na verdade, neste momento, deverá estar em estado de sítio! Com muito boa gente a não saber como vai pagar rendas ou sequer a alimentação da sua família.

Entretanto, leia o comunicado da Uber Eats na íntegra em baixo.



Uber Eats não gostou das limitações do governo e… Faz birra?

uber eats limitações

“Bom dia,

Portanto, no seguimento das medidas governamentais do novo confinamento e no âmbito da restauração (passa a funcionar apenas em takeaway e delivery) que limitam as comissões das plataformas de delivery em 20% e impedem o aumento dos valores/ taxas de entrega, segue a reação oficial do Uber Eats caso queiram transmitir:

“Apoiar o setor da restauração nesta pandemia tem sido uma das nossas prioridades no último ano. Desde março de 2020 que investimos financeiramente num plano para ajudar os mais de 6000 restaurantes e comerciantes – e as milhares de pessoas que dependem deles para trabalhar – continuando a garantir um serviço de entrega aos consumidores. O nosso foco é aumentar o volume de negócios dos restaurantes e ajudar na sua adaptação ao delivery.

Assim, as limitações impostas ao nosso modelo de negócio, incluindo à nossa taxa de serviço, vão forçar-nos a alterar a forma como operamos, prejudicando todos os que utilizam a nossa aplicação e que queremos apoiar. Estas medidas tornam o serviço menos acessível para os consumidores, o que limitará a procura dos restaurantes e consequentemente as oportunidades dos milhares de pessoas que fazem entregas com a nossa aplicação. Vamos agora analisar as alterações necessárias, procurando minimizar o impacto negativo que esta alteração terá para todos neste novo confinamento.”


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Xbox Series X e Xbox Series S também já dão para trabalhar!

Se calhar isto não faz muito sentido para alguns utilizadores. Seja como for quanto mais funcionalidades uma consola tiver melhor é. Dito isto, agora...

Vai poder ter os jogos mais vendidos da Ubisoft a preços brutais!

Quando se fala em jogos com desconto, rapidamente tentamos procurar pelos melhores a nível de conteúdo, mas também pelos mais baratos. De forma a...

Loja Portuguesa fez ‘leak’ aos preços da nova AMD Radeon RX 6600

Portugal também tem alguma expressão no mundo dos 'leaks'! Afinal de contas, já conhecemos os preços das novas placas gráficas de gama média-baixa da...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!