Gráficas integradas dos Intel “Ice Lake” serão mais rápidas


Por em

A próxima geração de processadores Intel “Ice Lake” pode integrar uma solução de gráficos integrados(iGPU) significativamente mais rápida, isto se a base de dados SiSoft SANDRA estiver correcta

Intel iGPU Ice Lake

Um protótipo da próxima geração de processadores “Ice Lake” que irá substituir os actuais “Coffee Lake” em 2018/2019, foi encontrado na plataforma SANDRA.

Mas o interessante é mesmo as novas informações da sua placa gráfica integrada, descrita como “Intel UHD Graphics” baseada na 11º geração de arquitectura gráfica, que será a sucessora da actual geração implementada nos processadores “Coffee Lake” e “Kaby Lake”.

Esta placa gráfica integrada(iGPU) contem 48 unidades de execução(EUs) com 384 shaders, isto contra os 24 EUs e 192 shaders da actual Intel UHD 620.

A base de dados também diz que este novo iGPU consegue partilhar até 6GB de memória, com 768KB de memória cache dedicada, a sua frequência base será de 600MHz, dobro da presente geração UHD 620, com o sua frequência “boost” ainda desconhecida.

A geração de processadores “Ice Lake” está a ser produzida com o novo processo de fabrico 10nm+, por isso é normal que a Intel consiga aumentar o tamanho do iGPU para ter mais espaço de manobra para conseguir aumentar a performance gráfica.

Leia também

Ou veja mais notícias de Hardware

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Mighty Final Fight: os beat’em’ups de volta ao Spectrum

Microsoft adiciona “Ultimate Performance Mode” ao Windows 10

Seguinte