Mate 30 Pro Leak

A gama Huawei Mate 30 vai ser oficialmente apresentada dentro de 10 dias num evento que decorre em Munique, na Alemanha. Apesar de todas as questões que rodeiam este dispositivo e da não presença das aplicações da Google, a Huawei revela no teaser porque é que o Mate 30 Pro tem tantos atrativos. Logo à partida temos melhorias na câmera, maior desempenho e melhor conetividade.

Huawei Mate 30 Pro tem novo teaser. Mas afinal o que revela?

Rapidamente, o teaser de 30 segundos tem diversos slogans. O primeiro é logo Olhe para além da luz que sugere um melhor desempenho da câmera com pouca luz. O seguinte deixa adivinhar um sensor mais poderoso. O terceiro dá pistas acerca da gravação em câmera lenta. Diz veja o tempo de maneira diferente, o que faz todo o sentido. Depois, temos o slogan potência através da velocidade que sugere melhor desempenho. Os outros falam da conetividade (eventualmente 5G) e do repensar as possibilidades que é o slogan em geral do Mate 30.

De facto, a maioria das frases incide nas câmeras melhoradas. Isto é algo que os leaks têm vindo a revelar. Estamos particularmente entusiasmados com a possibilidade de vermos finalmente um sensor físico muito maior no Mate 30.

Os restantes teasers falam da velocidade, desempenho e conectividade.

Isto tem muito a ver com o recém-lançado chip Kirin 990 que promete bater-se frente-a-frente com o Snapdragon 855.

O teaser mostra que mesmo sem as apps da Google, o Mate 30 é uma verdadeira bomba. Ainda assim, a falta de aplicações da Google é sempre uma má notícia. Para quem não sabe o pacote de aplicações da Google inclui algumas ferramentas muito utilizadas, como o Google Maps, Google Drive, Google Assistant, Gmail e Google Play Store.

Apesar da perda de aplicações da Google, parece que o Mate 30 vai ter à mesma a versão mais recente do Android. É que na prática este sistema operativo é de código aberto, o que significa que qualquer um pode utilizá-lo.

Ou seja, não teremos o HarmonyOS no Mate 30 nem qualquer outro sistema operativo alternativo. O mesmo acontece com o Mate X.

De acordo com o Nikkei Asian Review, a gama Mate 30 será a primeira a chegar sem os serviços da Google. O Mate X, o smartphone dobrável da Huawei, será o segundo dispositivo disponível sem aplicações da Google.