A Huawei tem um trio de smartphones para apresentar na próxima semana. Dos três, a coqueluche será o premium Huawei Mate 20 Pro. Depois de todos os rumores e do que já se falou na Leak eis que hoje foi tudo confirmado.

Para começar, vamos olhar para o que provavelmente será a característica mais importante do dispositivo: a câmara.

Como foi anteriormente revelado, o sensor principal na parte traseira terá uma vez mais a resolução de 40 megapixeis. Ele será combinado com uma abertura f / 1.8 e uma nova tecnologia chamada “FusionMind”, que combina quatro pixeis num, o que resulta numa qualidade de imagem significativamente melhor em cenários de pouca luz.

Assim como o P20 Pro, o Mate 20 Pro também inclui uma câmara telefoto completa com uma abertura f / 2.4. No entanto, a resolução sofreu um enorme aumento de 8 megapixeis para 20.

Além disso, a nova lente agora suporta zoom óptico de 5x, em vez de apenas 3x.

Como esperado, a configuração traseira será completada por uma nova câmara de 8 megapixeis e uma nova objetiva grande angular que substitui o sensor monocromático anterior.

Juntos, todos estes sensores também permitem imagens ultra-macro, permitindo que os utilizadores tirem fotos a uma distância de apenas 2,5 cm. Importa ainda salientar que também está presente uma câmera frontal de 24 megapixels.

Saindo do departamento das câmeras, o Huawei Mate 20 Pro apresenta um ecrã de 6,39 polegadas, um pouco maior que o esperado, com partes curvas de ambos os lados para fins cosméticos e um leitor de impressões digitais integrado.

Este painel recebe um grande aumento na resolução do Mate 10 Pro do ano passado para 3120 x 1440 pixeis.

Ainda no caso do ecrã e na parte superior está uma monocelha bastante ampla. É ela que abriga a nova tecnologia de reconhecimento facial 3D que utiliza um Laser de Emissão Vertical de Superfície (VSEL).

Internamente, como confirmado pela Huawei, o novo Kirin 980 estará presente e deverá operar a uma velocidade máxima de 2,6 GHz.

Apesar de uma lista de certificação anterior revelar a existência de uma variante com 4 GB de RAM, parece que a maioria dos mercados, incluindo a Europa, terá 6 GB de RAM como base. Isto será então combinado com a opção de 128 GB, 256 GB ou 512 GB de armazenamento interno, que é expansível através de cartões nanoSD de 256 GB desenvolvidos pela Huawei.

Também será vendida uma versão com 8GB de RAM.

Passando para a bateria, as novas informações falam de uma capacidade de 4,200mAh. Ela suporta um novo método de carregamento rápido de 40W que será chamado de SuperCharge 2.0 e que permitirá uma carga de 70% em apenas 30 minutos.

Ao contrário da Apple, o novo carregador rápido vai estar na caixa.

Entretanto este dispositivo suporta também o carregamento rápido sem fios, embora este carregador necessite de ser adquirido separadamente.

Seguindo os passos da série P20 da Huawei, a resistência à água e poeira está incluída, embora a classificação esteja ajustada para aumentar de IP67 para IP68.

Outras características incluem suporte para NFC, Bluetooth 5.0 e Gigabit WLAN com suporte de banda dupla. Além disso, o Android 9 Pie completo com o novo EMUI 9.0 já vem pré-instalado.

Como revelado em fugas de informação anteriores, o Huawei Mate 20 Pro estará disponível para compra em quatro cores: preto, azul, crepúsculo e uma nova opção verde.

O preço deve começar nos 1100 euros, com as vendas a começarem no início de novembro ou no final de outubro.

De qualquer forma, as encomendas estão marcadas para começar logo após o evento de 16 de outubro.