Homem foi a tribunal para ficar 20 anos mais novo

Recentemente a Internet ficou inundada com a notícia de que um homem de 69 anos queria alterar a sua idade legar para 49 anos. O motivo era simples. Ao mudar a idade aumentava as hipóteses de ser bem sucedido no Tinder. Para conseguir atingir este objetivo, este homem colocou uma acção em tribunar, mas surpresa das surpresas, perdeu.

O objetivo deste cidadão holandês era passar a data de nascimento de 11 de Março de 1949 para 11 de Março de 1969.

Emile Ratelband (é assim o nome deste cidadão) sentiu-se descriminado por causa da sua idade. Mas isto não se passa só ao nível do Tinder. O mesmo acontece quando quer arranjar trabalho ou comprar uma casa.

Ratelband diz que se sente como um pequeno Deus e que a sua idade não reflete o seu estado emocional. Ao mesmo tempo, ele diz que mudar a sua data de nascimento não é diferente do que mudar a idade ou género. Para além disso, ele disse que até renunciaria à sua pensão se o tribunal lhe concedesse esse desejo.

O desfecho é simples. Este cidadão vai manter a sua pensão e não vai perder 20 anos de idade. É que existem leis e muitas delas têm aspetos relacionados à idade. Assim uma alteração etária iria alterar muita coisa.

Para além disso, o tribunal considerou que ele não conseguiu provar a discriminação etária, adicionando que haviam outras formas de resolver o problema que não envolvessem mudar a data de nascimento.

Foto

Não percas nenhuma novidade. Segue-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter!