A tecnologia dos ecrãs dobráveis da Samsung foi roubada e vendida

A corrida ao primeiro smartphone dobrável é algo mesmo sério para os fabricantes de smartphones! Aliás, alguns até recorreram à espionagem industrial para conseguir alguma vantagem.

Aparentemente, 9 pessoas foram acusadas na Coreia do Sul, por suspeição de roubo e venda de informação! Em relação à inovadora tecnologia dos ecrãs dobráveis da Samsung

De acordo com o site Reuters, estes ‘leaks’ incluem a venda de documentos para alguns ‘players’ Chineses, num valor a rondar os 13.85 milhões de dólares.

Curiosamente, na China temos a maior rival da Samsung no mundo Android, a Huawei, bem como outras fabricantes com a mesma fome de fome de mercado, como a OPPO. Duas empresas, que se encontram a desenvolver a sua própria versão de smartphone dobrável.

Aliás, a Huawei confirmou em Outubro, que o seu telemóvel dobrável está prestes a chegar! E que além disso, irá suportar as redes de nova geração 5G. Entretanto, a Samsung já deu o primeiro vislumbre de um dos protótipos, e deverá lançar o aparelho propriamente dito na MWC em Fevereiro, chegando ao mercado logo no mês seguinte.

ecrãs dobráveis

Parece que os suspeitos são nada mais nada menos que o CEO e oito empregados da empresa Toptec Co. LTD! Empresa agora acusada de vender informação acerca dos ecrãs OLED da Samsung.

“O grupo é acusado de formar uma empresa separada que recebeu informações sobre o uso de equipamentos e desenhos de painéis obtidos da subsidiária da Samsung, ‘Samsung Display’, posteriormente vendendo alguns documentos na China por 15,5 bilhões de won (13,85 milhões de dólares).”

No entanto, a Toptec, uma empresa fornecedora de equipamento necessário para a produção de ecrãs, negou todas as acusações! Num comunicado de imprensa, a empresa afirmou:

“A nossa empresa nunca oferecer tecnologia industrial ou segredos da ‘Samsung Display’ a um cliente Chinês. Em paralelo, a nossa empresa irá cooperar totalmente no apuramento da verdade em tribunal.”

A Samsung por sua vez, disse que este incidente provocou algumas alterações na estrutura de segurança à volta da empresa. Principalmente da sua tecnologia e segredos.

Além disto, parece que a Samsung investiu cerca de 133 milhões de dólares nos últimos anos, para chegar a esta nova tecnologia… Que acabou por ser vendida a concorrentes por um valor bem mais baixo… Uma tecnologia que a empresa diz ser algo merecedor de orgulho nacional.


O que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!

Fonte