(Especial) Hollywood está a odiar o rumo da indústria do cinema!

Nos últimos meses, com a pandemia a fazer das suas, vimos muitos estúdios a adiar os seus projetos para 2020, com outros a ter um pouco mais de coragem, ao optar por lançar algumas obras nos serviços de streaming! Como foi o caso da Disney com Mulan. Que decidiu lançar o filme na plataforma com o elevadíssimo preço de 30$. Um valor que tem de ser adicionado à mensalidade do serviço propriamente dito.

Entretanto, já pode ver o filme de ‘borla’! Mas é inegável que a estratégia da gigante do Rato Mickey serviu para testar as águas! Basicamente perceber como se pode adaptar a uma nova realidade.

Dito isto, caso não saiba, na semana passada, a Warner Bros. anunciou que irá lançar todos os seus filme em 2021 de forma simultânea nos cinemas e claro, no serviço HBO Max. Ou seja, os filmes deste gigantesco estúdio irão chegar à Internet no mesmo exato dia que chegam aos cinemas… Algo que meteu os piratas a esfregar as mãos, e que claro, fez com que muito boa gente em Hollywood levasse as mãos à cabeça.



Hollywood está a odiar o rumo da indústria do cinema!

Indústria do cinema

Portanto, uma das vozes que mais tem sido ouvida é mesmo a do realizador Christopher Nolan. Que não só criticou forte e feio a plataforma HBO Max dizendo que “é a pior plataforma de streaming do mercado”. Acrescentando ainda que muitos dos realizadores e atores mais importantes da indústria foram-se deitar no dia anterior ao anúncio a pensar que trabalhavam para um dos melhores estúdios da indústria. Para no outro ficarem a saber que afinal trabalham para o pior serviço de streaming à face da terra.

Caso não saiba, a relação de Nolan com a Warner Bros. já data de 2002 com Insomnia. Entretanto, vimos grandes obras como Dark Knight, Inception e até Interstellar. Mais recentemente, tivemos Tenet, um projeto que foi obviamento uma vítima de COVID-19. Afinal, conseguiu apenas 45 milhões de dólares antes dos cinemas serem novamente encerrados. (O estúdio perdeu cerca de 100 milhões de dólares com o filme)

Entretanto, depois deste ‘fail’ bastante caro, a Warner Bros. anunciou que iria lançar Wonder Woman 1984 no HBO Max e cinemas ao mesmo tempo. Sem qualquer custo extra para os subscritores do serviço.

Uma estratégia que iria ser replicada para todos os grandes lançamentos do ano! Onde podemos incluir The Matrix 4, The Suicide Squad, Mortal Kombat e Dune…

Entretanto, tudo indica que o estúdio compensou todo o staff de Wonder Woman 1984, de forma a cumprir aquilo que basicamente iria acontecer num lançamento tradicional. Contudo, os filmes que já estavam marcados para 2021 não vão usufruir desta generosidade, o que claro está, meteu muito boa gente contra a estratégia.

Aliás, temos grandes figuras da indústria a afirmar que o estúdio não tem noção do que está a fazer. E claro, do que está a perder.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também