(Hands-On) Z Fold 3: Ecrã dobrável capaz de esconder câmeras

(Primeiras Impressões) Samsung Galaxy Z Fold 3: A Samsung é inegavelmente a rainha dos dobráveis! Afinal, é a fabricante que mais apostou no formato, e mais aparelhos lançou capazes deste feito (dobrar). No entanto, apesar de toda a aposta da gigante Sul Coreana, é fácil dizer que os smartphones dobráveis ainda não conquistaram os consumidores. Pelo menos por enquanto.

Na verdade, muito por culpa da própria… É que a Samsung cometeu um erro crasso com o primeiro Galaxy Fold. Um erro que manchou a imagem de toda a uma gama de aparelhos, nomeadamente no campo da durabilidade no mundo real. Afinal de contas, estamos a falar de aparelhos caros, com um formato completamente fora do normal, que por estas e outras razões, ainda não caíram no goto dos utilizadores.

Pois bem, dito tudo isto, na minha opinião, enquanto o novo Galaxy Z Flip 3 vai ser um sucesso brutal no mundo dos smartphones, ao apresentar uma fórmula muito interessante, e diferente da versão anterior. O Z Fold 3 vai continuar a ser um aparelho mais exclusivo, apresentando apenas uma evolução iterativa relativamente ao Z Fold 2.

Mas na verdade, é isto que a Samsung quer! Um Flip para as massas, e um Fold para os entusiastas focados na produtividade.

(Primeiras Impressões) Samsung Galaxy Z Fold 3: Uma evolução Super-Premium

Nota do Redator: As primeiras impressões neste artigo irão ser muito focadas no feeling do telemóvel na mão do reviewer. Ou seja, o seu ‘feeling’ durante o evento.

Introdução

Portanto, com o novo Z Fold 3, temos realmente algumas melhorias interessantes relativamente à versão do ano passado. Então, porquê dizer que a evolução é aqui menos notória face ao Z Flip 3? É muito simples, o Z Fold 2 já era um aparelho muito interessante, e muito mais robusto que os seus antecessores. Por isso, para o Z Fold 3, a Samsung apenas teve de melhorar alguns pontos no aparelho do ano passado. Curiosamente, alguns deles até deveriam ter feito parte do lançamento de 2020.

Como é o exemplo da introdução da muito desejada S-Pen. Uma funcionalidade que deveria ter feito parte do Z Fold 2, mas que devido à fragilidade do ecrã dobrável, foi adiada para 2021.

Aliás, o suporte à S-Pen é obviamente uma prova das melhorias feitas no campo da durabilidade neste novo smartphone, visto que tanto o Z Fold 3 como o Z Flip 3 contam agora com a nova geração do UTG (Ultra Thin Glass), que possibilitam agora o suporte à velha caneta. Contudo, apenas o Fold irá ter suporte à S-Pen. (É uma S-Pen ‘especial’, com ponta retrátil).

Além disto, também temos várias melhorias na performance, eficiência e até funcionalidades, tudo com um grande foco na produtividade. Não fosse o Z Fold um smartphone que se transforma em tablet. Um sonho para qualquer businessman de sucesso.

Ah e claro… Talvez mais interessante que tudo isto, podemos dizer adeus ao furo no ecrã!

Antes de mais nada, o Galaxy Z Fold 3 é o primeiro smartphone da Samsung a esconder o sensor frontal debaixo do ecrã OLED.

No entanto, como pode ver na foto, é inegável que a tecnologia, apesar de interessante, ainda tem muito que evoluir. Afinal, é notória a baixa resolução naquela zona, de forma a permitir a entrada de luz no sensor.

Ainda assim, o efeito que vê na foto não é sempre percetível. Ou seja, vai ter momentos em que se vai esquecer da existência daquela zona mais ‘pixelizada’.

É inegavelmente uma novidade que iremos ver em mais aparelhos a partir daqui.

O que muda em termos de design?

Um dos grandes focos da Samsung vou fazer com que os seus dobráveis ficassem mais finos, mais leves, e por isso, mais usáveis no dia-a-dia. Foi exatamente isso que aconteceu com o Z Fold 3, que além de tudo isto, tem também margens significativamente mais finas em ambos os ecrãs.

Conclusão

O Z Fold 3 é um smartphone/tablet simplesmente espetacular, que infelizmente, com um preço ainda muito alto para a realidade do mercado nacional, continua bem assente na gama super-premium.

Especificações Técnicas:

  • Ecrã Principal: 7.6” Infinity Flex AMOLED @120Hz
  • Ecrã Secundário: 6.3” Super AMOLED, 120Hz (25:9 – 816 x 2260)
  • SoC: Snapdragon 888
  • Memória: 12/16GB
  • Armazenamento: 256GB/512GB
  • Bateria: 4400mAh (c/ carregamento rápido 25W e carregamento sem fios de 11W)

Preço e Disponibilidade

O Galaxy Z Fold3 vai chegar ao mercado a 1859,90€, enquanto o Galaxy Z Flip3 chega por 1099,90€. 

Ambos os dobráveis estarão disponíveis para pré-compra a partir do dia 11 de agosto (hoje) e serão lançados oficialmente no dia 27 de agosto. Entretanto, se os utilizadores fizerem a pré-compra do Z Fold3 ou Z Flip3, receberão um ano de proteção da Samsung Care+, o nosso serviço de apoio premium. Os telefones dos utilizadores estão coberto de danos acidentais, incluindo substituição do ecrã, danos por água e substituição da tampa traseira.

Entretanto, pode saber mais aqui.

(Em atualização)

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Gboard: já pode personalizar como nunca o teclado da Google!

Não há dúvidas de que o teclado da Google, o Gboard é um dos melhores e mais utilizados. Funciona bem e disponibiliza diversas funcionalidades....

Ataques informáticos dão 35 anos de prisão a homem de 32 anos!

Muitas pessoas acham que estão a salvo por fazerem atividades ilícitas atrás de um computador. No entanto isto não podia estar mais longe da...

Não jogue estes jogos! São considerados os mais tóxicos!

Se por acaso costuma jogar diariamente os mais diversos vídeo jogos então certamente deverá saber que existem uns com comunidades mais tóxicas do que...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!