Google Fotos: cuidado não perca as suas fotografias!

Por defeito, o Google Fotos no Android cria cópias de segurança de todas as fotos e vídeos. No entanto, nem sempre tudo se processa da forma como queremos. É que em muitos casos pensamos que tudo está realmente guardado e depois temos uma surpresa. Estou a falar disto devido a uma alteração que houve nesta aplicação e que na prática parou de guardar automaticamente tudo o que nos chega através de aplicações de terceiros. Aparentemente o que levou a Google a fazer isto foi a pandemia de COVID-19. A ideia era sobrecarregar menos a Internet.

Google Fotos: não se arrisque a ficar sem as fotografias!

No entanto é possível voltar a ativar tudo manualmente e certificar-se que todos os conteúdos estão a ser guardados. Atenção que as instruções que vamos dar a seguir já dizem respeito à nova versão do Google Fotos que foi lançada agora.

Vamos então começar por ver o estado dos backups no Google Fotos.

Comece por abrir a app Google Fotos no seu smartphone Android. Em baixo clique na opção Biblioteca.

Google Fotos Android

Agora deverá carregar onde diz Gestão. Está no canto superior direito como mostra a imagem abaixo.

Google Fotos Android

Agora eventualmente vai-lhe aparecer muita coisa. Deslize até ao final da página e procura pela opção Criar uma cópia de segurança das pastas do dispositivo.

Google Fotos Android

Agora vai verificar que em muitas delas surge uma nuvem cortada. Ora isto significa que a cópia de segurança deixou de ser feita para essas pastas ou nem nunca foi.

Google Fotos Android

Para ativar no Google Fotos para Android é simples. Basta carregar por cima da pasta respetiva, neste caso escolhi Instagram e depois ativar a opção onde diz cópia de segurança e sincronização.

Deverá repetir o processo para todas as pastas que desejar, inclusive do WhatsApp ou outras.

Entretanto isto leva-nos a outra questão relacionada com o backup. Deve escolher modo de alta qualidade ou original?

Por um lado, se optarmos por alta qualidade, segundo o Google Fotos, temos acesso ao armazenamento de fotos com uma boa qualidade visual e um tamanho de ficheiro reduzido. A vantagem é que é ilimitado.

Por outro, se quisermos manter o tamanho original das fotografias então elas ficam guardadas na resolução máxima, sem sofrerem qualquer compressão.

A ideia neste artigo é tentarmos perceber se vale a pena optarmos pelo armazenamento ilimitado e grátis, ou se devemos optar pela alta qualidade.

Vamos olhar primeiro para as diferenças mais óbvias no Google Fotos para Android.

No caso da alta qualidade, temos o tal suposto armazenamento ilimitado.
Neste modo, as fotos são comprimidas para poupar espaço.

Se uma fotografia for superior a 16 megapixéis ela é comprimida para os 16. Já ao nível do vídeo tudo o que for superior a 1080p é convertido para 1080p.

Ainda assim quero fazer um aparte. Esta questão do armazenamento ilimitado não é bem assim.

Recentemente apesar de não existirem limites eu atingi-os. Isto significa que tive de passar um determinado valor para poder guardar mais fotos. Neste momento optei por uma capacidade de armazenamento de 100GB.

Não é que seja um balúrdio a nível de preço. 100GB por mês custam 1.99 Euros. É o meu plano atual. Por outro lado, 200GB custam 2.99 Euros e 2TB 9,99 Euros. Existem ainda opções até 30TB com um preço de 299 Euros. Claro que isto já é muito overkill para a grande maioria dos utilizadores.

Entretanto, já com a qualidade original as fotos e os vídeos são mantidos com a resolução original.

Pode ler mais sobre isto aqui.

Se ainda não está a utilizar a última versão do Google Fotos para Android atualize já aqui.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também