Gmail: afinal pode não estar a apagar os seus e-mails!

Para muitos utilizadores é sem dúvida a coisa mais fácil do mundo. No entanto, a verdade é que por vezes aquilo que parece assim tão simples não é. Que o diga um leitor que se queixava de ter o espaço da conta Google sempre no máximo, mesmo quando se fartava de apagar e-mails. O problema é que na realidade não estava mesmo a apagar os e-mails no Gmail.

Gmail: afinal pode não estar a apagar os seus e-mails!

Quando se trata de remover e-mails, há duas opções que quase todos os serviços têm: “Arquivar” e “Eliminar”. Para alguns utilizadores do Gmail isto é um pouco confuso porque existem duas opções que na realidade são muito semelhantes. Mas afinal qual é a diferença entrar arquivar ou apagar um e-mail no Gmail e qual deve usar?

Tanto a opção de arquivar como a de apagar e-mails irá removê-los da sua caixa de entrada. No entanto é aí que as semelhanças terminam. Saber a diferença entre os dois pode potencialmente salvá-lo de alguns problemas.

Gmail: é melhor arquivar ou eliminar um e-mail?

O que acontece quando “arquiva” um e-mail?

A função de arquivo nos serviços de e-mail é essencialmente um apagar mais soft. Assim o e-mail é removido da sua caixa de entrada e da sua vista. Ou seja, parece que apagou o email. Mas na realidade ele não desapareceu para sempre.

Os e-mails arquivados são normalmente colocados numa pasta especial “Arquivo”. No entanto no caso do Gmail eles não vão para uma pasta especial, mas são visíveis quando mudamos para a opção “Todo o correio”. Os e-mails arquivados também aparecem nos resultados da pesquisa.

Gmail: é melhor arquivar ou eliminar um e-mail?

Se pensar no correio físico, a função de arquivo é como enfiar uma parte do correio numa gaveta. Não o vemos mais mas ainda lá está se precisarmos dele.

O que acontece quando elimina um e-mail?

Eliminar um e-mail é uma função de alguma forma permanente. Quando apaga um e-mail é normalmente movido para uma pasta “Lixo Electrónico”. É aí que ele ficará durante 30 dias, após o qual é removido definitivamente.

Os emails que foram apagados não aparecem em “Todos os emails” e não os pode encontrar com a pesquisa. Entretanto tem 30 dias para mudar de ideias. Se isso não acontecer nunca mais os volta a ver.

Para usar novamente o exemplo do correio físico, apagar é como colocar o correio no seu caixote do lixo. Pode ter alguns dias para o recuperar. Mas depois de ele ser levado desaparece para sempre.

O que deve usar?

Com estas definições em mente, pode estar a pensar que não há razão para alguma vez apagar completamente um e-mail. Bem, isso pode ser verdade… se estiver disposto a pagar pelo armazenamento. É que os dias de armazenamento gratuito ilimitado para as contas Gmail já acabou.

Porque deve eliminar os e-mails em vez de os arquivar

Em 2013, a Google fundiu todos os dados da conta e limitou o plano gratuito a 15GB. A sua caixa de entrada do Gmail, Google Drive e Google Fotos contam para esse espaço. Isto significa que os emails arquivados contam para isto.

Assim é uma boa prática apagar qualquer e-mail que de que nunca mais vai precisar.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.