Gás: atenção com a mudança para o mercado regulado!

Nesta altura do ano as pessoas estão a desdobrar-se em esforços para mudar para o gás regulado. Digo desdobrar-se porque infelizmente isto não tem sido uma tarefa fácil. Infelizmente os apreciadores de esquemas também sabem disso e como tal está a circular um novo ataque na Internet que se aproveita das mudanças para o mercado regulado do gás. Na prática é um e-mail que parece proveniente de algumas empresas bem conceituadas e que até chega com um link que nos permite facilmente mudar para o mercado regulado. Mas será mesmo assim?

Gás: atenção com a mudança para o mercado regulado!

A melhor forma de se enganar alguém, sobretudo na Internet, é fazer as coisas da melhor forma possível. É que quando mais credível for um e-mail ou página, mais facilmente as pessoas vão cair nele. É por esse motivo que já não é suficiente estarmos apenas atentos. Temos de estar super atentos!

A página abaixo mostra o local para onde vamos quando carregamos no link que chega no e-mail. Escusado será dizer que foram buscar uma página da Galp, eventualmente a dos contatos, alojaram noutro servidor qualquer a alteraram os campos. Aliás, nunca numa página principal a Galp ou outro fabricante qualquer iria pedir dados de um cartão de crédito.

Os criminosos estão a aproveitar-se da necessidade das pessoas fazerem esta alteração!

Talvez muitas pessoas não se tenham apercebido disto mas está a haver uma verdadeira correria para se mudar para o mercado regulado e claro que surge logo um grande aproveitamento.

A vontade é tanta que eventualmente não vamos ter tanto cuidado a olhar para as ligações. Assim o processo de nos conseguirem enganar será muito mais simples.

Se receberem alguma mensagem que fale da alteração para o mercado de gás regulado até pode ser verdadeira. No entanto, elas são sempre meramente informativas. Dito isto, se lhe pedirem dados pessoas e sobretudo métodos de pagamento feche logo. Ninguém lhe vai pedir isso.

Mas afinal o que é o mercado regulado?

É um mercado que ao contrário do que acontece no liberalizado quem presta o serviço de fornecimento de gás está totalmente sujeito às regras da ERSE. Ou seja, da Entidade Reguladora dos serviços energéticos. Isto faz com que os operadores só possam aplicar os preços que tenham sido aprovados por esta entidade.

Como posso verificar quem está a disponibilizar este serviço?

A ERSE disponibiliza uma página para isto. Assim saberá exatamente quem presta este serviço na sua zona. Está disponível aqui.

Entretanto a mudança de comercializador não obriga à realização de inspeção extraordinária à instalação de gás, desde que não haja interrupção do fornecimento por motivos técnicos, fugas de gás ou alteração dos componentes da instalação. A nova legislação também não exige a apresentação de declaração de inspeção válida para efeitos de mudança para o Comercializador de Último Recurso.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Siga-nos ou clique no símbolo da estrela no canto superior direito.
mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Receba a nossa Newsletter

Outros artigos

Play Store: atenção a esta app com milhões de downloads!

Temos de ter realmente muito cuidado já que um...

Google Maps tem um segredo para ficar muito melhor

O Google Maps é uma aplicação que funciona com...

Waze ganha a função que pode acabar com o Google Maps

Em comparação com todas as outras aplicações não há...

(Análise) VIVO V23 5G: Um smartphone diferente!

(Análise) VIVO V23 5G: Conhece a Vivo? Estamos a...