Galaxy Z Fold 5 e Z Flip 5 vão ser amigos da reparação

As fabricantes de smartphones não gostam muito da ideia de um aparelho durar 2, 3 ou até 4 anos, nas mãos dos consumidores. Afinal, num mundo perfeito, as fabricantes querem é que os consumidores troquem de aparelho todos os anos, ou pelo menos de forma muito frequente.

Algo que infelizmente é cada vez mais impraticável, tal é o preço de um smartphone topo de gama. Além disso, faz muito pouco sentido, tendo em conta o nível de performance de qualquer aparelho acima dos 200€ ou 300€, é capaz de oferecer nesta altura do campeonato.

Porém, as regras estão mais apertadas, e por isso, as grandes fabricantes têm de garantir que os aparelhos duram alguns anos, e talvez mais importante que isso, que a sua reparação não é complexa.

Galaxy Z Fold 5 e Z Flip 5 vão ser amigos da reparação

Portanto, como se ainda deve lembrar, há alguns anos atrás era possível tirar a capa traseira de qualquer smartphone, e trocar a bateria, numa questão de segundos. Isto permitia que os utilizadores mais exigentes conseguissem ter uma bateria extra carregada sempre consigo, caso a necessidade existisse. Além disso, também garantia que caso a bateria ficasse “viciada”, ou simplesmente “cansada”, o smartphone continuaria a funcionar de forma normal, porque era extremamente barato, e fácil, trocar o componente.

- Advertisement -

Pois bem, hoje em dia isso já não é possível, por um lado, porque permitiu tornar os smartphones mais finos, e mais resistentes a pó e água, mas por outro, porque as fabricantes olharam para o componente mais frágil, e que menos dura, e decidiram retirar a possibilidade de troca. Porém, dentro da complexidade que é abrir um smartphone, e trocar componentes, existem formas mais fáceis, ou mais complicadas, de permitir a troca da bateria. Já ouviu falar dos ‘pull-tabs’?

Exemplo de Pull-Tab

Pois bem, isto já acontece com toda a gama Galaxy S23! Que tem umas tiras ao lado da bateria para ajudar à sua remoção, e pelos vistos, vai continuar com os novos dobráveis. De forma muito resumida, apenas tem de puxar estas tiras, para a bateria se descolar do chassi. Tudo num esforço de permitir ao próprio utilizador reparar o seu aparelho, em casa, sem custos adicionais.

 

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.