(Especial) Galaxy S22 Ultra: 1 ano depois, este é o estado!

Sendo a Leak.pt um dos meios ‘tech’ de referência em Portugal, temos sempre acesso a muitas das novidades tecnológicas que vão chegando ao nosso mercado, sendo exatamente por isso que, em 2022, devo ter trocado de smartphone mais de 50x, entre testes e comparativos. Mas, como deve imaginar, há sempre uma ou outra opção que nos é mais querida, por várias razões, e por isso mesmo, acaba por ser escolhida como ‘Daily Driver’.

No meu caso, em 2022, o meu smartphone para todo o ano, foi nada mais nada menos que o Galaxy S22 Ultra da Samsung.

Um smartphone que serviu de bandeira para o ecossistema Android nos últimos quase 12 meses, tal e qual como a grande maioria dos smartphones Galaxy S topo antes de si. Dito isto, numa altura em que já só se fala da nova gama Galaxy S23, que entre muitas outras coisas, promete uma maior qualidade de construção, e atenção ao detalhe… Pensei para comigo “talvez seja boa ideia ver o estado do meu S22 Ultra, e partilhar as conclusões com o mundo!”

Afinal de contas, parece-me bastante pertinente, perceber como é que um topo de gama, obviamente caro, se aguenta durante todo este tempo, especialmente no campo das marcas de uso e quedas (que teve… e muitas!).

Ou seja, qual é o seu estado atual, passados 12 meses de uso, normal, sem capa, com algumas quedas, e faltas de jeito pelo meio.

Curiosamente, neste caso específico, até temos algo curioso! É que como troco de telemóvel muitas vezes ao ano, acabo sempre por preferir utilizá-los sem capa, e também sem película. Primeiro, porque odeio capas, e segundo, porque acredito que a “review” deve ser feita tendo em conta a forma como a equipa de design pensou o telemóvel, e não com um bocado de plástico ou borracha pelo meio.

- Advertisement -

Pois bem, vamos ver o estado do meu S22 Ultra?

Galaxy S22 Ultra: 1 ano depois, este é o estado do topo de gama!

Portanto, um topo de gama, seja ele qual for (Android ou iPhone), não é propriamente barato, e como tal, para muitos dos nossos leitores, para ser uma compra que valha a pena, o aparelho tem durar muitos e bons anos num estado incrível.

É exatamente por isso que muita boa gente assim que compra um smartphone novo, também compra uma película temporada, bem como uma capa. Eu percebo, o investimento tem de ser protegido, mas muito honestamente, tenho um ódio de estimação por capas, e ainda mais com películas, que acabam quase sempre por me queimar a pele do dedo.

Como tal, gosto de usar os meus aparelhos “nus”. Isto é engraçado, porque agora, passado 1 ano de utilização, podemos olhar para o meu S22 Ultra, e realmente ter uma ideia daquilo que vale a qualidade de construção Samsung, nas gamas mais altas, e por isso mesmo, mais caras.

Avaliação dos Danos! 

1. Ecrã

Na parte do ecrã, como não tenho película, é fácil perceber que existem alguns micro riscos. Algo completamente normal, visto que até mesmo com a melhor das proteções (Gorilla Glass Victus), existem sempre algumas fibras que vão criar fricção, ao longo do tempo, mesmo no simples gesto de meter ou a tirar o aparelho do bolso ou de uma mala.

Ainda assim, tendo em conta que este aparelho vai comigo para o ginásio, todos os dias, e que é posto no compartimento de carregamento do meu VW Golf, honestamente um pouco à toa… Está incrível! (Volto a relembrar, sem capa, ou película).

2. Traseira

Na parte traseira, temos também Gorilla Glass Victus, com um acabamento um pouco diferente. O que muito ajuda ao resultado final, visto que o aparelho parece rigorosamente novo. No entanto, como a primeira coisa que toca em qualquer superfície (como é o exemplo de uma mesa), é o módulo de câmeras, é fácil perceber que existem alguns micro riscos nos pequenos vidros de cada lente, tal e qual como no ecrã frontal.

3. Laterais

Tanto a parte de cima, como a de baixo, estão rigorosamente como novas. Apenas a parte redonda da S-Pen apresenta algumas mazelas, porque não é feita de alumínio, e claro, é sempre a primeira a tocar em qualquer superfície, pelo facto de estar mais “saída”.

Na parte lateral (mais complicada de captar em foto, por ser curva e reflexiva), temos alguns micro riscos. Mas, honestamente nada de especial, sendo muito difíceis de identificar.

Conclusão

Para o uso que lhe dei, que foi o de um telemóvel completamente normal. Isto significa ir comigo para todo e qualquer lado, sem capa, sem película, e sem “mariquices”. Se a Samsung afirma que a qualidade vai melhorar na gama Galaxy S23, ainda melhor.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? O que acha da qualidade Samsung atualmente? Partilhe connosco a sua opinião na caixa de comentários em baixo.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.