Galaxy Note 20: precisa de superpoderes para remover a bateria!

No início deste mês, a Samsung apresentou os novos topo-de-gama de 2020. Falo, claro do Galaxy Note 20, Note 20 Ultra e até mesmo do Galaxy Z Fold 2. De todos eles, o Samsung Galaxy Note 20 é o menos atraente, por dentro e por fora e até tem um pormenor na bateria. Assim, temos um ecrã sem uma alta taxa de atualização. Na parte exterior temos uma parte traseira de plástico, embora o preço seja bastante caro. Agora, chegou à Internet um vídeo de um dos sites especialista em desmontagens, PBKreviews, e que revela uma visão interna do Note 20 mais barato. Uma coisa é certa. É um equipamento difícil de reparar.

Galaxy Note 20: precisa de superpoderes para remover a bateria!

Depois de algum aquecimento para facilitar a abertura e de se utilizar uma ferramenta, é possível remover a tampa traseira do smartphone. Logo à partida vemos um dos microfones secundários ao lado dos recortes da câmara. A desmontagem revela o mecanismo de estabilização ótica nos sensores de 12 MP e 64 MP. A desmontagem também revela o sistema de carregamento sem fios, o altifalante e a bateria de 4.300 mAh. Entretanto, a caneta S-Pen fica ao lado da bateria.

Entretanto depois de remover o altifalante inferior, o próximo passo é retirar a câmara para selfies e a dupla de cabos de ligação presos à motherboard. O vídeo revela que remover a bateria do smartphone pode ser uma tarefa problemática. Uma vez que não há nada para puxar a bateria, a única forma de removê-la é tentar aquecer o adesivo lateral ou usar um pouco de álcool. Afinal, é necessário algum cuidado. Trata-se de um componente sensível e perigoso.

Galaxy Note 20 bateria

Outro pormenor interessante é que assim que remover a bateria, pode ver o leitor de impressões digitais. No entanto, não é substituível de forma independente. Pertence ao ecrã. Depois pode remover o painel. Mas depois de retirar todos os componentes internos e aplicar um pouco de calor. O vídeo de desmontagem, mais uma vez, revela que a Samsung praticamente fez outro dispositivo que é difícil de arranjar.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também