Firefox tem duas falhas muito perigosas! Atualize agora mesmo!

O Firefox tem duas falhas críticas que já estão a ser aproveitadas pelos criminosos. Felizmente a atualização que resolve estes problemas já está disponível e tem mesmo de a instalar. A Mozilla Foundation classificou estas vulnerabilidades como críticas e podem ser utilizadas para executar código malicioso no browser do utilizador.

Firefox tem duas falhas muito perigosas! Atualize agora mesmo!

De facto, como referi acima, já há ataques a decorrer. Foi aliás por esse motivo que alertámos que devia fazer o update o mais rapidamente possível. As duas falhas têm os nomes de código 2020-6819 e 2020-6820 e já foram fechadas na versão 74.0.1. Isto em todos os sistemas operativos para computador, ou seja, Windows, macOS e Linux.

Estes dois problemas foram reportados por Francisco Alonso do revskills e Javier Marcos da empresa JMPSec. Este último revela que outros browsers podem ser infectados. Entretanto não há muito mais novidades acerca destas falhas, mas deverão ser conhecidas em breve.

Firefox tem

Isto é mais um problema no Firefox que para já não tem grandes motivos para estar contente. Isto porque a Netmarketshare divulgou dados relativos à participação de mercado dos browsers em março de 2020 e não há boas notícias para a Mozilla. Nas conclusões, podemos ver claramente que o Microsoft Edge é agora o segundo maior browser do mundo.

Olhando de forma mais atenta para os números podemos ver que as participações de mercado do Google Chrome aumentaram um pouco. Agora, possui uma participação de mercado de 68,50%, seguida pela Microsoft Edge, com uma participação de 7,59%. Por outras palavras, este último ultrapassou o Mozilla Firefox como o segundo maior browser. Entretanto, o Firefox e o Internet Explorer surgem em terceiro e quarto, respetivamente, com uma participação de 7,19% e 5,87%.

Embora esta quebra na utilização seja algo muito negativo para o Firefox, acaba por ser bom para a maioria dos utilizadores. É que ao estarem menos pessoas a utilizar, há também menos utilizadores afetados por esta falha.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário