Facebook: os problemas voltaram e as desconfianças aumentam!

O início desta semana ficou marcado por uma enorme perturbação e problemas no Facebook, Instagram e WhatsApp. Este problema nas redes sociais mais populares resultou no colapso das ações da empresa e na saída dos utilizadores para outras plataformas. Quem ganhou com isso foi o Telegram que ganhou cerca de 70 milhões de utilizadores.

Facebook: os problemas voltaram e as desconfianças aumentam!

Entretanto e depois de terem ficado cerca de seis horas em baixo o Facebook, Instagram e WhatsApp voltaram a cair. De acordo com o site Downdetector, o número de queixas começou a crescer exponencialmente à noite. A maioria das queixas foram sobre problemas com o Instagram. Os utilizadores falaram das dificuldades encontradas com a autorização, a incapacidade de deixar comentários, colocar gostos, enviar mensagens, publicar fotos e vídeos.

facebook problemas

Os novos problemas nas redes sociais foram notórios em todo o mundo e em países como a Alemanha, França, Países Baixos, Canadá, EUA, Inglaterra, Rússia e outras regiões. Neste momento, os problemas resolveram-se e as redes sociais voltaram ao seu trabalho habitual. O que desta vez levou à queda do Facebook, Instagram e WhatsApp não é conhecido.

Mas o que tem estado no centro destes apagões? 

Na maioria dos casos estão relacionados com problemas ao nível do DNS. O DNS é como se fosse a lista de contactos da Internet. Ou seja, diz-nos a que IP corresponde cada endereço. Por exemplo, diz-nos que www.facebook.com corresponde a 12.31.32.3. Ora se os servidores de DNS não estiverem a funcionar podemos escrever www.facebook.com ou www.instagram.com no browser que ele não vai levar a lado nenhum. As apps também precisam que os servidores de DNS estejam a funcionar. Ora se não conseguem comunicar com os endereços também não funcionam. Tal como acontece com o computador!

facebook problemas

No entanto, fala-se de outras razões alternativas. A CNN falou de outra razão bastante estranha que pode estar na origem deste problema.

É que o primeiro apagão surgiu logo a seguir à transmissão do programa “60 Minutes” onde foi revelado que o Facebook está a par da forma como a plataforma é utilizada para espalhar ódio, violência e informações falsas e não faz nada para isso. Foi dito então que o Facebook tentou apagar estas evidências. No entanto como refere a CNN o Facebook refutou essas acusações.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Google Pixel 6: Google faz um passe de magia nas câmaras!

Foi durante o evento de hoje que a Google apresentou oficialmente o novo Pixel 6 e as suas belas câmaras. É um smartphone que...

Google Translate ganha uma grande novidade! Já encontrou?

Nas últimas semanas a Google tem estado a disponibilizar o Material Design para muitas aplicações. Desde o Google Chrome ao Gmail, passando pela Play...

O novo M1 Max da Apple é (bem) mais poderoso que a PS5!

Os novos MacBook Pro já são uma realidade, trazendo consigo as versões realmente Pro do agora 'velhinho' SoC M1, que tanto deu que falar...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!