Epic Games Store: 1 ano e meio depois, valeu a pena?

A Epic Games lançou de forma oficial a sua grande rival à Steam (Epic Games Store) em Dezembro de 2018, prometendo uma experiência nova, e muitos e bons jogos de borla. No entanto, também chegou com uma atitude e estratégia que não deixou muitos dos entusiastas do mundo do PC Gaming felizes! Ao fechar vários acordos de exclusividade com alguns dos estúdios mais populares da indústria.

Dito isto, verdade seja dita, apesar da Epic Games Store ainda não chegar aos calcanhares da Steam em termos de funcionalidades, já conseguiu evoluir bastante nestes ~18 meses. Mas mais importante que tudo isto… Será que conseguiu dar um ‘boost’ ao mundo do PC Gaming? As coisas mudaram para melhor?



Epic Games Store: 1 ano e meio depois, valeu a pena?

Epic Games store.

Portanto, caso não saiba, a Epic Games Store chegou ao mercado com a promessa de oferecer pelo menos 1 jogo por semana, começando pelo muito interessante Subnautica. Uma promessa cumprida, visto que a loja já ofereceu mais de 100 jogos nos últimos 18 meses.

Algo super interessante, visto que mesmo com todos estes jogos de oferta para puxar os jogadores para a plataforma, a estratégia de exclusividade acabou por afastar muitos dos potenciais clientes.

Qual é o valor real destas ofertas?

Muito resumidamente, a Epic Games Store ofereceu cerca de 595€ em jogos (valor mínimo de cada jogo no mercado aberto). Afinal de contas, a grande maioria já esteve à venda por menos de 5€.

Ainda assim, parece que a Epic não tem grandes intenções de tirar o pé do acelerador, como tivemos a oportunidade de ver nas últimas semanas, em que recebemos GTA V Premium Edition, CIV V, Ark, etc… Tudo jogos de alto gabarito.

Aliás, GTA V foi a completa loucura, conseguindo por os servidores da Epic Games offline durante várias horas.

A Epic Games Store mudou o mercado para melhor?

Esta é a pergunta do milhão de euros… Pois bem, por um lado sim! Graças aos muitos jogos de oferta, que não só permitem aos jogadores experimentar coisas novas, como também abre a porta de milhares de PCs a estúdios com muito potencial, mas virtualmente desconhecidos.

No entanto, a estratégia de exclusividade continua a fazer mossa nas aspirações da gigante, visto que a Epic Games Store já conta com cerca de 100 exclusivos, com mais 30 a caminho. O que claro está, limita a competição entre plataformas, e mantém os jogadores dentro do seu ecossistema.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

eFootball (PES 2022) está no mau caminho. Atualização adiada!

A Konami impressionou meio mundo, quando anunciou que o próximo PES (Pro Evolution Soccer) iria mudar de nome para eFootball, e claro, que iria...

PC Health Check da Microsoft já não está focado no Windows 11

Ainda se lembra do PC Health Check? Um programa lançado pela gigante Microsoft, de forma a ajudar os utilizadores na transição para o novo...

Combustíveis: Qual é a diferença entre Simples e Aditivado?

Pois bem, há alguns dias atrás, dentro do tema da crise energética que assola toda a Europa, e que faz parte dos pesadelos da...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!