Inicio Jogos (Análise) Doom Eternal: Uma linha de 'desmontagem' de demónios!

(Análise) Doom Eternal: Uma linha de ‘desmontagem’ de demónios!

(Análise) Doom Eternal: Uma linha de ‘desmontagem’ de demónios! – O reboot de Doom de 2016 ainda é um dos fenómenos mais interessantes dos últimos tempos. Afinal de contas, ninguém estava à espera de um bom jogo… No entanto, com uma mistura de acção super explosiva, e por vezes até parva, os jogadores ficaram simplesmente presos ao ecrã!

Em suma, sem qualquer história para o jogador seguir, apresentando apenas montes de demónios para aniquilarmos, Doom consegue ser parvo, mas ao mesmo tempo extremamente inteligente! Tudo graças às velhas mecânicas que toda a gente adora, bem como um combate super rápido, que é basicamente um soma e segue de corpos a voar e sangue por todo o lado.

Doom Eternal: Bem vindos ao Inferno!

Doom Eternal:

Pois bem, a nova sequela pegou nesta base, tentando expandir um pouco mais o Universo de Doom! Será que correu bem? Mais ou menos… Mas uma coisa é certa, o jogo é brutal!

Portanto, tal e qual Doom II, neste novo ‘Eternal’ vemos o nosso Space Marine (Doom Guy) a regressar do Inferno para encontrar um planeta Terra completamente dominado por demónios. Afinal de contas, 60% da população já foi dizimada! (Coisa bonita de analisar, no meio de uma pandemia viral não é?)

Por isso, nós como jogadores, pegamos nas nossas armas e vamos basicamente lutar sozinhos contra uma gigantesca horda de demónios. (Clássico Doom Guy!)

Dito isto, é engraçado encontrar alguns dos ‘extras’ desbloqueados no primeiro jogo ainda disponíveis nesta sequela. Sendo basicamente apenas um segundo capítulo do mesmo jogo. Assim, vai continuar a contar com a sua fiel moto serra e capacidade de duplo salto. Além disto, pode ainda contar com a sua fiel shotgun.

Depois de uma leve iniciação… Começa o Inferno!

Doom Eternal:

Assim que temos uma leve introdução às armas e mecânicas do jogo, começa imediatamente a levar com montes de inimigos um pouco por todo o lado. Naquilo que é uma espécie de tutorial ‘desenrasca-te e aprende’, que é basicamente um dos meus preferidos.

É super satisfatório estar em sofrimento com vários inimigos, e do nada, da maneira mais simples do mundo, simplesmente perceber como dar a volta à situação! Completamente sozinho, com manobras acrobáticas e todos os itens que podemos descobrir ao lado do mapa.

E no fundo, Doom é isto, é tentar desenrascar-se ao máximo, ao mesmo tempo que vai descobrindo como manobrar o mapa para evitar os muitos ataques e inimigos na sua direção. É como disse em cima… Acção pura e dura ‘non-stop’.

Muito resumidamente, tem armas na mão e inimigos à sua frente! O que vai fazer? Matar tudo!? Calma! Isto não pode ser só disparar, há que ter uma estratégia para não ficar sem recursos

Doom Eternal:

O estilo de combate é simples, mas tem de o usar de forma inteligente. Ou seja, tem armas, e vai ter de as usar para matar os inimigos. Contudo, se contar apenas com a munição que aparecem no mapa… É provável que não vá durar muito tempo. Por isso, temos de usar as mecânicas de forma a ser um autêntico exército de um só homem.

Como funcionam as mecânicas? Simples! Primeiramente, se fizer muito dano, mas não o suficiente para matar o inimigo, este irá começar a brilhar com as cores azuis ou laranja, de forma a que possa fazer um ‘finisher’ de forma a receber vida mas também combustível para a sua moto serra. Posteriormente, poderá usar a moto serra para basicamente cortar inimigos ao meio, e assim receber munição para todas as suas armas.

É um equilíbrio frágil, mas depois de apanhado o jeito, é extremamente satisfatório transformar todos os demónios em papa para cão, sem parar para respirar ou recarregar as armas. Especialmente quando chegamos a um ponto, em que mais parece uma linha de montagem, eles chegam ao pé de nós, mas rapidamente desaparecem em bocados.

Depois ainda temos acesso a outras armas que dão outros bónus. Afinal de contas, se há coisa que não falta neste jogo, é maneiras diferentes de matar os inimigos. Isto e música da boa! Matar demónios ao som de música pesada? Sim por favor!

No entanto, nem tudo é bom…

Doom Eternal:

Doom Eternal é um excelente FPS, provavelmente um dos melhores dos últimos anos. Contudo, há coisas que parecem demasiado complicadas para o jogo que estamos aqui a analisar.

Como é o exemplo do sistema de atualização de armas, que é basicamente algo que é obrigado a fazer, retirando o factor ‘fun’ da equação. Além disto, também existem algumas cutscenes a tentar introduzir uma ponta de história, mas que na minha opinião, para o jogo que é, não fazem grande sentido.

Muito resumidamente, há partes em que a equipa responsável por Doom Eternal tentou ir um pouco mais além! Ainda assim, são partes que não magoam a essência do jogo, e isso é que é realmente importante.

Dito tudo isto, em suma, Doom Eternal é um jogo que lhe irá permitir desligar o cérebro depois de um dia complicado em casa ou no trabalho, ao mesmo tempo que lhe irá meter um sorriso no rosto, enquanto destrói uma autêntica horda de demónios, da maneira mais ‘metal’ possível. 

É um jogo simples, mas por vezes, simples é tudo aquilo que um jogador quer na sua vida.

Nota: 8,5/10 -> Recomendado


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

WhatsApp recebe imagens autodestrutivas! Veja como funciona

O WhatsApp tem estado a testar uma novidade de imagens autodestrutivas nos últimos meses. As primeiras provas surgiram pela primeira vez no início deste...

Super Mario 64: já pode instalar num smartphone Android!

O Super Mario 3D All-Stars chegou e dá-nos acesso aos primeiros três jogos de plataformas da série. Dito isto, levamos para casa o Super...

Aprende Android! O iOS 14 já está em 25% dos aparelhos!

Um dos grandes defeitos do Sistema Operativo Android é a sua segmentação. Ou seja, eu posso ter Android 10 no meu Note 20 Ultra,...

Xiaomi 10T/Pro: leak revela que os preços estavam errados!

A gama Xiaomi Mi 9T foi lançada no ano passado e como sabe ganhou muita popularidade no mercado global pelas especificações que oferece. Na...

O iPhone 12 também vai desiludir no preço…

Já disse algumas vezes na Leak.pt que o iPhone 12 vai desapontar um pouco os fãs, ao fim ao cabo, não vamos ter ecrãs...