Ecrãs microLED vão revolucionar os novos smartwatches!

Os ecrãs MicroLED vai chegar em breve aos smartwatches. Isto se tivermos em conta as últimas informações que circulam na Internet. Uma notícia avançada pelo conhecido site Digitimes afirma que uma marca de smartwatches baseada nos EUA vai começar a desenvolver um equipamento no terceiro trimestre de 2019 que utiliza um ecrã microLED de 1,25 polegadas. Este painel é co-desenvolvido pela RiTDisplay e PlayNitride. A RiT vai começar a enviar samples no quarto trimestre de 2019.

Ecrãs microLED vão revolucionar os novos smartwatches!

Até agora os ecrãs microLED ainda não tiveram o seu “boom”. Inclusivamente as empresas que desenvolvem estes painéis são um pouco conservadoras no que diz respeito às perspetivas de negócio. Ainda assim e  mesmo com um despertar tímido, espera-se que estes painéis se massifiquem no segundo semestre de 2019. Vamos entrar numa altura do ano em que há mais procura por este tipo de componentes. Se isto acontecer então teremos muito dispositivos com ecrãs MicroLED em breve.

ecrãs microLED

Existem vantagens no microLED?

Bem, os ecrãs MicroLED são o próximo concorrente dos atuais ecrãs OLED. Têm a vantagem de poderem ser ainda mais finos, mas brilhantes e mais eficientes em termos energéticos do que os painéis OLED.

Para além disso, os ecrãs MicroLED também possuem LEDs inorgânicos à base de nitreto de gálio. Isto, na prática, significa que têm um tempo de vida mais prolongado em relação ao composto natural que é utilizado nos painéis OLED. Entretanto, esta nova tecnologia vai tornar os novos painéis mais imunes aos problemas de burn-in. Ou seja, aquelas situações em que as letras ficam marcadas no televisor.

Resumidamente, os ecrãs MicroLED têm um número significativo de melhorias semelhantes ao que os ecrãs OLED têm sobre os LCDs. Incluem maior exatidão ao nível das sombras, proporção melhorada, tempos de resposta mais rápido e tons pretos mais genuínos. Ambos têm pixéis com iluminação automática.

De facto, até agora ainda não vimos uma adoção em massa da tecnologia. No entanto, esperamos que tudo mude em breve.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário