Pode devolver o monitor se tiver um pixel morto (dead pixel)?

Os monitores LCD substituíram os pesados ecrãs antigos. No entanto e apesar de todas as vantagens nem tudo é perfeito. É que a inovação trouxe uma coisa que ninguém gosta que são so denominados dead pixels ou píxeis mortos que por vezes aparecem. Se isto acontecer e se de repente ficou com um píxel morto (dead pixel) será que pode devolver o monitor?

Pode devolver o monitor se tiver um píxel morto (dead pixel)?

Cada pixel ou “elemento de imagem” no seu ecrã é composto por três “subpixéis” em miniatura. Estas cores são o vermelho, o verde e o azul. A intensidade variável destas cores dá ao seu monitor uma ampla gama de cores. Entretanto cada pequeno transístor supervisiona cada sub-pixel e, bem, por vezes os transístores falham.

Monitor Xiaomi

Pixéis mortos

Pixéis mortos: Isto acontece quando um pixel fica desligado para sempre. O resultado é uma pequena mancha preta a manchar o seu monitor que, de outra forma, estaria a funcionar bem. Algumas pessoas também chamam a isto ponto escuro. Entretanto dependendo da forma como o filtro polarizador do seu ecrã funciona, um pixel morto pode aparecer como um ponto branco em vez de preto, o que é conhecido como um “defeito de ponto brilhante”. Em qualquer dos casos, o pixel está morto.

redmi, monitor, xiaomi

Pixéis presos

Neste caso um ou mais sub-pixéis estão permanentemente iluminados, dando-lhe um ponto fixo de cor que nunca muda para esse píxel, embora este tipo de pixel preso possa nem sempre ser visível em todas as imagens.

Pixéis quentes

São relativamente raros, mas são efetivamente pixéis sempre ligados com os três subpixéis presos no modo “ligado”, apresentando-se como um ponto branco constante.

A garantia pode ajudar?

Quase todos os fabricantes de monitores oferecem uma garantia limitada que inclui defeitos de fabrico, incluindo píxeis mortos. Dito isto, os pormenores podem variar bastante entre marcas e até entre modelos diferentes da mesma empresa. Alguns fabricantes são mais brandos, substituindo um monitor até mesmo por um único píxel morto, enquanto outros exigem uma determinada quota ou conjunto de píxeis mortos antes de o considerarem defeituoso.

limpar o computador

O que são píxeis mortos e pode repará-los?

Os monitores topo de gama, especialmente os destinados a utilização profissional, têm maior probabilidade de ter uma garantia de zero defeitos, mas deve sempre verificar antes de comprar. Normalmente, pode obter esta informação no seu website ou no manual do utilizador.

Se desembrulhar o seu novo monitor e encontrar pixéis mortos a melhor opção é devolvê-lo diretamente ao revendedor. Muitos fornecedores têm políticas de devolução que cobrem defeitos de equipamentos acabados de abrir, o que significa que pode ter direito a uma troca ou reembolso. Alguns retalhistas permitem-lhe devolver um artigo por qualquer motivo, desde que tenha a embalagem original e não apresente quaisquer sinais de utilização.

devolver o monitor se tiver um dead pixel

É por isso que deve verificar se há defeitos de píxeis em qualquer monitor novo imediatamente após o ligar. Se reparar nisso mais tarde, fora da janela de devolução de curto prazo do retalhista, acabará por ter de lidar com a garantia do fabricante! Para encontrar algum pixel morto mais escondido pode utilizar o site Dead Pixel Test.

Não pode devolver? Eis para o que pode utilizar

Utilize-o como um segundo monitor: Mantenha-se atento às suas redes sociais, ponha o Spotify a tocar ou reproduza um vídeo do YouTube enquanto trabalha. Se não for algo que vai ver de perto a toda a hora, os píxeis mortos não fazem grande diferença.

Utilização casual: A não ser que os problemas de pixéis sejam graves, estes monitores continuam a ser bons para jogos, para ver conteúdos de vídeo ou qualquer outro conteúdo de ecrã completo.

Embora os píxeis mortos possam ser irritantes, nem sempre são um problema, por isso, depois de passada a desilusão, poderá ainda ter um lugar no seu coração para o seu ecrã ligeiramente menos que perfeito.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.