Inicio Especiais Computação quântica? A Toshiba não precisa disso para nada!

Computação quântica? A Toshiba não precisa disso para nada!

A Toshiba anunciou há alguns dias a criação de um algoritmo capaz de analisar dados de forma muito mais rápida e eficiente em comparação aos supercomputadores mais rápidos do mundo.

O algoritmo tem o nome de “Simulated Bifurcation Algorithm”, e é supostamente bom o suficiente para ser capaz de encontrar soluções aproximadas para problemas de otimização massivos. Aliás, a Toshiba está tão confiante nesta tecnologia, que até afirma que com a utilização deste algoritmo, o hardware atual é superior à cada vez mais famosa computação quântica.



Computação quântica? A Toshiba não precisa disso para nada!

Computação Quântica?

Portanto, de acordo com o seu inventor, Hayato Goto, o algoritmo retira alguma inspiração à maneira como os computadores quânticos conseguem processar muita informação de uma forma muito mais eficiente. Assim, com o desenvolvimento a ter começado em 2015, Gogo rapidamente percebeu que ao meter novas entradas num sistema complexo com mais de 100.000 variáveis, era possível fazer com que o sistema resolvesse o problema em apenas alguns segundos, sem um aumento substancial do poder computacional.

Muito resumidamente, isto significa que o novo algoritmo da Toshiba poderá ser utilizado em hardware convencional, sendo capaz de chegar a soluções acertadas para um problema de otimização com 2000 várias interligadas em apenas 50 micro segundos… 10x mais rápido que um computador quântico.

Curiosamente, o SBA (Simulated Bifurcation Algorithm) é também altamente escalonável! Ou seja, poderá ser facilmente utilizado em clusters de CPUs ou FPGAs para um aumento dramático da performance.

Em suma, apesar de termos várias gigantes da indústria como a Microsoft, Google e IBM a trabalhar arduamente no mundo quântico… A verdade é que ainda não vimos grandes resultados práticos de toda esta pesquisa. Entretanto, esta equipa da Toshiba resolveu ir ao passado, e no fundo melhorar a fundo os algoritmos clássicos que todos nós conhecemos.

Um marco que poderá revolucionar muitas áreas do nosso quotidiano! Como a ciência, com o cálculo super rápido de vários tipos de problemas, ou até para otimizar rotas de entrega de encomendas de um estafeta.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

O vidro cerâmico do novo iPhone 12 é mesmo resistente? Veja!

Na apresentação dos novos iPhones a Apple destacou várias vezes a durabilidade. De facto, este ano, a gigante da maçã resolveu apostar num vidro...

DualSense da PlayStation 5 funciona no Android e PCs

Os PCs e dispositivos Android garantem um bom suporte para diversos periféricos. Da lista fazem parte os comandos da Xbox e Stadia. No caso...

(Especial) A Apple não abandona a porta Lightning… Porquê?

Como deve saber, os novos iPhone 12 não trazem carregador nem auriculares na caixa. Uma tendência que começou um mês antes com os mais...

Play Store: instale já nos smartphones da Huawei com o Googlefier!

Não é surpresa que os dispositivos da Huawei e Honor lançados no ano passado não incluem os Google Mobile Services. É exemplo disso, o...

Os novos iPhone 12 usam um modem 5G ‘velhote’

Quando uma grande fabricante de smartphones como a Apple faz um lançamento, os consumidores estão obviamente à espera de encontrar os componentes mais modernos...