Chrome para Android vai

Existem diversas aplicações que consomem mais ou menos memória. No caso dos smartphones Android, algumas das mais pesadas são os browsers. Afinal de contas precisamos deles a toda a hora para navegar na Internet e vamos acumulando muita tralha. De entre todas as apostas que estão disponíveis o Chrome é o mais utilizado, mas também um dos mais pesados. Agora o Chrome para Android vai ficar ainda mais pesado, mas é por um excelente motivo. A sua segurança! Na prática vai ocupar mais 3 a 5% dos recursos do seu smartphone.

Chrome para Android vai

Chrome para Android vai trocar velocidade por mais segurança

A nova atualização vai tornar o Chrome mais seguro, graças a uma novidade chamada isolamento de sites. Na prática, mantém sites diferentes afastados um dos outros, para impedir que hajam roubos de credenciais e não só, através de esquemas complexos. Ou seja, nenhum site terá a capacidade de comunicar com outro que esteja aberto num separador diferente.

O Chrome já faz isto na versão para desktop. No entanto, com os recursos da maioria dos computadores, o peso passa despercebido. Num telemóvel já é tudo mais pesado. Assim tudo funciona de outra forma. Na versão Android, o isolamento só é ativado quando um utilizador visita um site que exige uma palavra-passe para fazer login. Depois de entrar nesse site, o isolamento será ativado.

Este sistema está disponível em smartphones Android com pelo menos 2GB e que estejam a utilizar o Chrome 77. No entanto e uma vez que estão a ser realizados vários testes esta funcionalidade pode não aparecer em todos os smartphones. Entretanto, também está presente na versão beta 78 do Chrome.

Esta funcionalidade pode parecer mais uma, mas na realidade é das mais importantes para garantir a segurança dos nossos dados. Entretanto a Google já afirmou que vai otimizar este modo de Isolamento de Sites para que deixe de “comer” tanta memória. Enquanto isso não acontece resta trocar um pouco de velocidade por mais de segurança.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.