Atenção: Há mais uma estação espacial que vai cair na Terra!

Em Abril falou-se muito da queda da estação espacial chinesa Tiangong-1 na Terra. Na altura, ficou praticamente toda desfeita aquando da reentrada na atmosfera. Aí, a maioria dos habitantes do nosso planeta andaram assustados. É que ninguém sabia onde muitos dos detritos poderiam cair. Felizmente esta estação especial caiu no oceano e todos respiraram de alívio. Agora, a China revelou que esta situação vai voltar a repetir-se

Uma nova queda de uma estação espacial Chinesa

A agência espacial chinesa anunciou que a estação espacial Tiangong-2 também vai cair no nosso planeta, só que desta vez existe um maior controlo sobre a sua fatídica descida.

“A estação espacial Tiangong-2 cumpriu a sua missão durante os dois anos da missão e está em boas condições”, explicou Lin Xiqiang, vice-diretor do Gabinete de Engenharia Espacial da China, num comunicado à comunicação social chinesa. “Ela vai estar em órbita até julho de 2019. Depois vamos fazer com que a abandone”.

Um maior controlo na descida

Quando a Tiangong-1 saiu de órbita, isto aconteceu sem nenhuma intervenção terrestre. Os cientistas chineses perderam totalmente o contacto com a nave espacial dois anos antes de ela sair de órbita. Aí ficou à mercê da gravidade enquanto girava à volta do planeta. Desta vez, a Tiangong-2 ainda está a ser controlada e os engenheiros podem decidir quando e onde vai sair de órbita.

A estação espacial Tiangong-2 foi lançada em 2016. A China diz que esgotou a sua utilidade e esta é a razão para o seu fim de vida. A imprensa estatal da China relata que a estação realizou um total de 14 “projetos” para a agência espacial durante a sua curta vida. Quando chegar a hora de a desativar, os engenheiros vão escolher provavelmente uma área remota do Oceano Pacífico para a queda.