Aparentemente a Nintendo Switch tem um modo de Realidade Virtual!

Em 1995, a Nintendo tentou entrar no mercado da realidade virtual com o ‘Virtual Boy’! O que na altura acabou por ser um falhanço monumental… Contudo, parece que o mercado voltou a virar as suas atenções para este tipo de tecnologia! Como podemos ver pela grande variedade de capacetes de RV no mercado.

Dito isto, a Nintendo tem estado bem caladinha quanto a este assunto… No entanto, parece que a empresa está pelo menos a testar uma re-entrada no mercado, visto que pelos vistos existe um modo de ‘Realidade Virtual’ escondido na consola!

Um grupo de hackers tem mexido bastante no firmware da Nintendo Switch nos últimos meses, chegando a encontrar algumas referências a um modo VR no fim do ano passado… Descobrindo as funções ‘VrModeEnabled’ e ‘SetVrModeEnabled’! Mas ainda ninguém tinha testado tudo isto… até agora! O ‘modder’ random0666 criou uma aplicação ‘homebrew’ que ativa as funções VR escondidas na Switch.

Nos vídeos publicados pelo ‘random0666’, podemos ver que a Switch divide o ecrã em duas metades iguais! O que é muito semelhante aquilo que os atuais capacetes de realidade no mercado fazem, para atingir um efeito estereoscópico 3D.

Claro que isto não é uma confirmação de que a Nintendo irá suportar VR oficialmente na sua Switch… No entanto, mostra que a empresa está pelo menos a pensar nisso!

Fonte


Nintendo Switch – Serviço Online começa a ser pago em Setembro!

Nintendo Switch Realidade Virtual

Já sabemos da existência deste serviço desde o lançamento da Nintendo Switch. No entanto, o lançamento foi sendo adiado, oferecendo aos consumidores o que acabou por ser um ano extra de acesso ao serviço online ‘pago’.

Mas isto vai mudar agora, visto que a subscrição paga vai ser lançada já no próximo mês!

O serviço online da Nintendo Switch vai custar 19.99€ por ano, 7.99€ por trimestre ou 3.99€ por mês! Em paralelo, também existirá um pacote familiar por 34.99€ anuais. Quem decidir subscrever a esta plataforma Online irá agora ter acesso a uma biblioteca de jogos clássicos! Contudo jogos ‘grátis’ não irão precisar de subscrição.

Leia mais aqui!