Oculus VR anuncia cortes nos preços e uma nova oferta

Realidade virtual a chegar ao publico mainstream ?

18318
0
Share:

A Oculus VR anunciou hoje que o seu produto pioneiro,  o Oculus Rift VR HMD, saiu finalmente do seu preço inicial de “early adopter” e aproveitou ainda para divulgar um novo aparelho para as carteiras mais leves.

O novo preço situa-se agora nos 399 dólares que vão tornar de imediato este equipamento mais competitivo. É que não nos podemos esquecer que cada vez existe mais concorrência no universo da realidade virtual, com os equipamentos HTC Vive, Playstation VR e com a gigante Microsoft a anunciar também a sua entrada na área.

Cada conjunto Rift de 399$ vem com os controladores touch,  sensores e Apps grátis que oferecem horas de entretenimento. Importa salientar que também não foi esquecido o shooter “Robo Recall”, nem sequer algumas ferramentas criativas como o “Medium” ou o “Quill”.

Alguns dos aparelhos mais populares do mercado de realidade virtual.

Em paralelo, foram ainda anunciados os Oculos Go que consistem num capacete de realidade virtual “low cost”. Podem pensar neste aparelho como um capacete individual que não necessita de um smartphone, mas que também não consegue receber o stream de jogos a partir do PC.

Os títulos correm no próprio dispositivo, sendo que já existe uma extensa biblioteca. Os especialistas suspeitam que tenha sistema operativo Android, mas ainda aguardamos por alguns detalhes acerca disto.

Como controlador, temos apenas um pequeno comando, que faz lembrar o velhinho Wiimote.

Este produto irá custar 200$ (metade do preço do Oculus Rift que falámos acima) e vai ser lançado no inicio de 2018.

Para surpresa de muitos este equipamento tem uma resolução maior do que o seu irmão mais velho(e mais caro), com 2560 x 1440px(1 painel) contra os 2160 x 1200px(2 paineis) do Rift. No entanto a empresa decidiu trocar o painel OLED por um LCD, provavelmente para cortar nos custos de produção.

Novo aparelho da Oculus

Como tudo na vida, há vantagens e desvantagens

Neste aparelho vamos jogar jogos de smartphone, que normalmente não têm os melhores gráficos do mundo… não existem informações acerca do SOC(System on a chip), mas os rumores apontam para um Snapdragon 821 da Qualcomm.

No entanto, o Go é extremamente portátil, especialmente comparado com o Rift, e pode ser usado com óculos. Isto significa que o pessoal da miopia e do estigmatismo não foi deixado de fora!

As informações ainda são escassas, mas no entanto estas novidades revelam que talvez a realidade virtual esteja a chegar ao mercado mainstream, com preços cada vez mais baixos e com dispositivos a pensar nos consumidores e suas limitações.

Share:
Nuno Miguel Oliveira

Dê a sua opinião