Análise – Xiaomi Mi Band 3, como é possível custar 20€?

Mi Band 3

Análise Mi Band 3 – A Xiaomi Mi Band 3 é conhecida pela seu preço bombástico! Por cerca de 20€, consegue uma pulseira ‘smart’ capaz de tudo e mais alguma coisa. Aliás, a pulseira oferece tanto por tão pouco dinheiro, que quase torna a oferta (bem mais cara) da sua maior rival ‘Fitbit’, completamente obsoleta.

É também preciso dizer, que apesar do preço da pulseira, esta apresenta uma qualidade de construção impressionante.

No entanto, existem alguns senões… Vamos ver quais?

Análise Mi Band 3 – Funcionalidades e Performance

A Mi Band 3 pode oferecer uma mão cheia de funcionalidades… Mas a verdadeira questão, é se oferece tudo aquilo que você realmente necessita!

Como uma pulseira fitness, a Mi Band 3 consegue fazer muito, mas mesmo muito! Consegue contar o seu gasto calórico, medir a sua frequência cardíaca ao longo do dia, monitorizar o seu sono, ou até servir como cronómetro entre sets no ginásio.

Além disto, pode ainda utilizar a aplicação no telemóvel, para decidir quando ou quantas vezes que que a pulseira meça a sua frequência cardíaca.

Mas claro que também precisa de ter em conta a bateria do aparelho, quanto mais medir, mais irá gastar! Dito isto, pode agora escolher entre os seguintes intervalos:

  • 1 minuto
  • 5 minutos
  • 10 minutos
  • 30 minutos

Funcionalidade muito bem vinda, oferecendo uma informação significativamente mais detalhada ao utilizador. Pode até verificar como o seu coração se comporta durante o dia. Como por exemplo, depois de um café forte, ou depois de ter encontrado aquela rapariga no elevador da empresa que quase jurava que já lhe tinha piscado o olho!

Curiosamente, é uma funcionalidade que várias pulseiras da concorrência não oferecem, apesar de serem muito mais caras.

É preciso no entanto dizer que com a opção de ‘1 minuto’, a bateria irá aguentar apenas 2 dias… O que não deixa de ser extremamente impressionante. Se não quiser uma medição tão rigorosa pode escolher a opção de ’30 minutos’, e aí a bateria aguentará qualquer coisa como 2 semanas.

A contagem de passos durante o dia é também bastante boa! Por isso o calculo de calorias é bastante razoável! Só não espere ter uma contagem super precisa se fizer 10min de bicicleta ou 45 min de musculação! Afinal de contas estamos a falar de uma pulseira de 28€. (Mais sobre isto em baixo)

A monitorização de sono é básica, mas bastante precisa e automática! Irá receber o tempo total de sono, dividido entre sono leve e sono profundo. Contudo pode ser o suficiente para mudar alguns hábitos na sua vida! Uma coisa é passar uma note mal dormida, outra é ver na aplicação que noite após noite, dorme um número extremamente reduzido de horas.

Depois, como pulseira ‘smart’, irá obter notificações de várias aplicações, chamadas e mensagens! Algo diferente da anterior Mi Band 2, é que agora irá conseguir ver todo o texto de cada mensagem ou e-mail que receber, além de que o nome completo da pessoa que está a ligar!

Análise Mi Band 3 – Design

O design continua bastante similar às anteriores gerações! Com um aparelho que pode ser desencaixado muito facilmente da sua pulseira para limpeza ou carregamento. Ou seja, também pode trocar a pulseira por um dos milhares de modelos disponíveis na Internet.

A pulseira que vem na caixa com o aparelho tem um design super simples, sendo constituída por borracha.


Nota do Redator – Contudo, tenho alguma dificuldade em dormir com esta no pulso… Teima em ficar sempre presa nos lençóis!

Mas se esquecermos isto (que até pode ser algo que apenas eu noto). É extremamente confortável no dia a dia, e passa quase sempre despercebida devido à cor e reduzido tamanho.


É preciso dizer que em comparação às anteriores gerações, a Xiaomi melhorou bastante a aparência da Mi Band 3!

A frente é feita de vidro curvo, a fazer lembrar os mais recentes Galaxy S, incluindo um ecrã OLED bem no meio do aparelho, criando a ilusão de ‘ecrã infinito’! Algo que parece ter sido uma aposta ganha, até porque este vidro dá uma boa sensação no toque e gestos necessários para percorrer o novo menu.

O único problema deste ecrã é mesmo a falta de visibilidade debaixo da luz do sol!

Algo que já atormentava a Mi Band 2, mas que felizmente está um pouco melhor nesta geração. Dito isto, não me parece que seja algo assim tão negativo, pois apesar da visibilidade não ser a melhor, as notificações e restantes funcionalidades podem ser acedidas pelo telemóvel.

Mas depois da desvantagem, temos uma grande novidade! A Mi Band 3 é agora à prova de água! Por isso pode tomar banho ou ir à piscina com esta no seu pulso sem qualquer problema. (algo que até já fazia com a Mi Band 2, mas ok xD).

Análise Mi Band 3 – Pulseira Fitness

Como pulseira fitness deixa um pouco a desejar… Pois, a Mi Band 3 apenas conta com quatro perfis:

  • Corrida
  • Passadeira
  • Caminhada
  • Bicicleta

Por isso, se por acaso gosta de fazer musculação e quer monitorizar a sua frequência cardíaca durante o treino, vai ficar um pouco desapontado… O mesmo pode ser dito para outros desportos como natação, futebol, andebol, o quer que seja.

Seria bom que a Xiaomi corrigisse isto, mas também é preciso dizer que não é um defeito apenas desta marca… É algo que assola grande parte deste tipo de pulseiras, ficam demasiado focadas no desporto outdoor, enquanto existe um número ridículo de ginásios completamente à pinha por esse mundo fora. Além disto, a única maneira de começar uma corrida, é pela aplicação ‘Mi Fit’! Ou seja, além de precisar da aplicação para monitorizar o seu exercício, ainda precisa de tirar o telemóvel do bolso para a começar o dito exercício ou pausá-lo.

Contudo, é preciso dizer que se realmente escolher correr, irá ter vários detalhes no fim do exercício, incluindo velocidade, passada, número de passos, distância percorrida em subida e muito mais.

Pode ainda ver a sua frequência cardíaca em tempo real, e a aplicação irá usar o GPS do seu telemóvel para mapear toda a corrida.

Análise Mi Band 3 – Smartwatch?

análise Mi Band 3

Apesar de todas as suas funcionalidades, a Xiaomi Mi Band 3 não é um smartwatch! No entanto, tendo em conta o seu preço, não deixa de ser fabuloso tudo aquilo que oferece!

Conseguimos receber notificações de várias aplicações, mensagens, chamadas e até do meteorologia na zona que você pré-definir! Já para não falar da funcionalidade ‘Find My Phone’, que poderá salvar-lhe valiosos minutos quando o telemóvel fica dentro do sofá e precisa de sair urgentemente de casa!

Análise Mi Band 3 – Conclusão

análise Mi Band 3

Epá… Esta pulseira custa 20€! É incrivelmente barata, e continuaria a ser uma boa compra se oferecesse apenas metade das funcionalidades que dispõe!

Claro que não é tão boa quanto algumas pulseiras fitness topo de gama, mas custa apenas uma fração do preço destas! E dito isto, é bem melhor que várias rivais bastante mais caras.

Em suma, esta não é a melhor pulseira fitness do mercado, nem é esse o objetivo da Xiaomi… Mas tendo em conta o preço, é simplesmente espetacular!

Pode comprar aqui! (Cupão: 39miband) E siga os passos do guia em baixo!