(Análise) Corsair iCUE H100i RGB Pro XT: Bonito e silencioso!

A Corsair é inegavelmente uma das marcas mais famosas no mundo dos PCs, ao lançar produtos de qualidade em quase todas as áreas que o tradicional entusiasta gosta de meter a mão. Temos PCs completos, ratos, teclados, caixas, memória RAM, SSDs e claro… Coolers! Dito isto, hoje vamos analisar um dos mais recentes coolers AiO da marca, o H100i RGB Pro XT, um ‘refresh’ ao muito popular H100i Pro.

(Análise) Cooler Corsair iCUE H100i RGB Pro XT

Portanto, sendo um ‘refresh’ de um produto bem conhecido, temos aqui muita coisa similar ao modelo anterior. Ou seja, temos aqui um AiO com um radiador de alumínio e bomba que nos oferece um único loop, recebendo a ajuda de 2 ventoinhas de 120 mm. E claro, além disto, temos o óbvio suporte a iluminação RGB! Afinal de contas, estamos a falar da Corsair, uma marca que sabe muito bem aquilo que o consumidor quer.



Contudo, apesar de tudo parecer igual, temos um leve toque no design do produto, bem como um novo modo ‘Zero DBA’, que basicamente faz com que as ventoinhas parem de forma a evitar qualquer ruído desnecessário. Isto desde que a temperatura do processador o permita (menos de 40ºC).

Quanto às ‘fans’ do H100i, temos duas ventoinhas de 120 mm ML (Magnet Levitation), capazes de chegar às 2400 rotações por minuto. O que em termos de som, significa um máximo de 37 dBA. Quanto ao ‘airflow’, estas duas ventoinhas oferecem 75 CFM (Airflow -> CFM: Cubic Feet per Minute, é basicamente a quantidade de ar que uma ventoinha é capaz de movimentar.)

Especificações técnicas e Garantia

Algo que a Corsair garante, e muito bem, é uma garantia de 5 anos. Ou seja, a marca tem uma confiança cega na qualidade do produto que comercializa! É que verdade seja dito, ver uma garantia de alta duração em coolers AiO, é uma autêntica raridade. É bom ver esta confiança num produto que quando falha… Falha a valer! (É um componente que falha sem avisar!)

Apresentação e Unboxing

Instalação, Compatibilidade e Performance

Este cooler é compatível tanto com plataformas AMD como plataformas Intel, apenas sendo necessário mudar a cabeça de encaixe que já vem na caixa. Posteriormente apenas precisa de preparar a backplate e seguir os passos do manual. É um processo super fácil de seguir. Especialmente quando tem uma série de desenhos à sua frente, cortesia da Corsair.

Sockets compatíveis AMD:

  • AM4
  • AM3
  • FM2
  • FM1
  • sTR40

Sockets compatíveis Intel:

  • LGA 115x, LGA 2066, LGA 2011-3 e LGA 2011.

No entanto, é preciso ter cuidado com todos os cabos que terá de arrumar e ligar neste menino! É que com o suporte ao RGB, temos alguns cabos que têm de ser ligados na traseira. Mas verdade seja dita, este processo de arrumação é mais estético que outra coisa, sendo igual em quase todos os coolers deste tipo.

Nota -> O H100i Pro XT vem com pasta térmica pré-aplicada, sendo normalmente uma pasta de excelente qualidade. Contudo, se por ventura não confiar neste tipo de pré-aplicação, recomendo o uso de Thermal Grizzly Kryonaut (aqui).

Sistema de Teste

  • Caixa: Corsair iCUE 220T
  • Motherboard: Gigabyte AORUS X570 Elite
  • CPU: AMD Ryzen 3700X
  • RAM: 16GB G.Skill Trident Z Neo 3600MHz

Antes de mais nada, vamos aos resultados:

  • Temperaturas: IDLE -> 35 ºC // Load (Médio) -> 60 ºC // Load (100%) -> 72 ºC
  • Ruído: IDLE -> 32dBa // Load -> 37 dBA

Para ter noção do que significam estes valores de ruído:

  • Levantamento de um avião -> 120 dBa
  • Local de construção -> 110 dBa
  • Camião -> 90 dBa
  • Interior de um carro -> 70 dBa
  • Conversa normal -> 60 dBa
  • Escritório -> 50 dBa
  • Sala de Estar -> 40 dBa
  • Quarto à noite -> 30 dBa
  • Estúdio de transmissão -> 20 dBa
  • Folhas ao vento -> 10 dBa

Pois bem, o Corsair H100i não desilude na performance, ao conseguir conter o muito popular Ryzen 3700X, ao mesmo tempo que não irá incomodar os vizinhos. Ao fim ao cabo, chega aos 32 dBa em IDLE e 37 dBA em Full LOAD, por isso, quer esteja a ser puxado ou não, muito dificilmente se irá sentir incomodado com o barulho deste cooler.

RGB (iCUE)

Como disse na análise à caixa iCUE 220T RGB, este programa de controlo da Corsair é inegavelmente um dos melhores do mercado, não pedindo ‘mariquices’ como contas ou logins via Facebook. Além disto, o painel de controlo tem um feeling muito minimalista, sendo focado naquilo que é o seu objetivo real… Deixá-lo controlar a iluminação do produto que quis comprar.

Assim, podemos monitorizar os RPM, a temperatura, bem como controlar o nível de performance que realmente queremos. E claro, podemos mudar os 16 LEDs individuais da cabeça de refrigeração de forma completamente independente. Quem manda é o cliente.

Conclusão

Corsair h100i

O Corsair H100i RGH Pro XT é um cooler que tenta pegar no sucesso do seu antecessor, ao implementar uma nova bomba da CoolIT, bem como um novo design simples mas capaz de encher o olho de qualquer entusiasta. Dito isto, esquecendo o ‘look’, é um produto que impressiona pela positiva com o seu desempenho sem compromissos, ao mesmo tempo que não deixa ninguém louco com ruído, mesmo com a utilização das ventoinhas incluídas pela fabricante.

A instalação e configuração é muito simples, mesmo que não tenha grande experiência com produtos Corsair (Como era o meu caso!)

A Corsair tem feito um excelente trabalho ao tentar levar este tipo de refrigeração aos utilizadores com menos experiência no mundo dos computadores, mas que ainda assim querem uma build bonita, rápida e silenciosa, sendo este H100i RGB Pro XT o exemplo perfeito deste esforço.

Em suma, tanto ao nível do design, como da construção e finalmente no desempenho… o Corsair H100i RGB Pro XT foi de encontro às nossas expetativas. Recebendo o selo de recomendado!

Caso esteja interessado, os nossos parceiros da GlobalData já têm o cooler disponível aqui. (Cupão: GDLEAK20 para um pequeno desconto!)

Leak, Recomendado, review

 

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário