(Análise) Chuwi CoreBook Pro: ‘Low-Cost’ vale a pena?

A Chuwi é uma marca que está, a cada ano que passa, a ganhar mais e mais reconhecimento no mercado, tudo graças às suas ofertas ‘low-cost’, que verdade seja dita, estão cada vez mais impressionantes. É exatamente por isto que hoje trazemos o CoreBook Pro, um ultra portátil, cheio de qualidade, que tenta conquistar o coração dos consumidores da maneira mais fácil possível… Pela sua carteira!

(Análise) Chuwi CoreBook Pro: ‘Low-Cost’ vale a pena?

chuwi, corebook

Especificações Técnicas:

  • CPU: Intel Core i3-6157U
  • GPU: Intel Iris 550
  • RAM: 8GB DDR4
  • Ecrã: 13” 2160 x 1440
  • Armazenamento: 256GB SSD
  • Conectividade: 1 x USB 3.0, 1 x USB-C, audio jack, Leitor MicroSD, BT 4.2, Wi-Fi 802.11ac
  • Peso: 1.36 KG
  • Tamanho: 21.9 x 29 x 1.85cm
  • Bateria: 46.2Whr

Design

corebook

As primeiras impressões são muito boas, ao encontrar-mos um portátil mais quadrado do que retangular, com uma qualidade de construção muito satisfatória para o preço (399€), especialmente porque temos aqui uma construção em alumínio, e claro, um ecrã 3:2, de alta resolução, com margens extremamente pequenas.

É um aparelho que se sente compacto, graças às suas dimensões de 21.9x 29 x 1.85cm e peso de 1.36KG.

Em termos de conectividade, a coisa não está mesmo nada mal, ao contar-mos com uma entrada USB normal, uma outra USB-C, um leitor de cartões, e ainda, a tradicional entrada para auscultadores. Infelizmente, não temos porta HDMI.

PS: O teclado é iluminado! (Mas não existe em PT-PT, a Chuwi oferece uma capa com o nosso formato, na caixa)

Em suma, fiquei muito agradado nesta vertente.

Hardware

Estamos a falar de um portátil ‘low-cost’, como tal, não podemos estar à espera do melhor hardware do mercado. E na verdade, para o objetivo desta máquina, que é a produtividade, não é de todo necessário ter as melhores ‘specs’ do planeta.

Dito isto, temos aqui um Intel Core i3-6157U a servir como cérebro de todo o projeto, muito provavelmente, para garantir que este modelo não passava por problemas de performance. (Além disso, a Chuwi também deve ter conseguido um bom preço, por este chip).

É um processador com dois núcleos e 4 threads, capaz de chegar aos 2.5GHz, com um TDP de 28W. Mais do que suficiente para um estudante, ou para quem apenas precisa de uma máquina mais focada para a produtividade, como é a edição de textos, ou navegação web.

Além do processador da Intel, temos 8GB de memória RAM (não dá para meter mais memória), e 256GB de armazenamento SSD (é possível trocar). Bem como um ecrã LCD IPS de 13”, capaz de chegar a uma resolução muito interessante de 1260 x 1440.

Entretanto, para completar o pacote, temos uma bateria de 46Whr, que por sua vez, significa quase 6 horas de utilização longe de um carregador.

  • CPU-Z: 246 (single-thread); 693 (multi-thread)
  • Geekbench: 666 (single-core); 1520 (multi-core); 7762 (compute)
  • CrystalDiskMark: 554.48MBps (leitura); 443.08MBps (escrita)
  • Windows Experience Index: 8.

Uso no dia-a-dia

No uso do dia-a-dia, este CoreBook Pro da Chuwi passa por uma máquina mais cara e mais poderosa do que aquilo que realmente é. Ainda assim, existem algumas “problemas”, como é o barulho do sistema de refrigeração, e aumento da temperatura quando o CPU é puxado.

Ainda assim, a sua performance é sempre satisfatória, por vezes, até ficando à frente de rivais diretos com CPUs teoricamente superiores.

Entretanto, o teclado é de qualidade, com bom feedback tátil e bom espaço de controlo, capaz de preencher bem o espaço disponível, o que por sua vez, significa uma experiência de escrita muito interessante para quem passa mais tempo a escrever do que a olhar para o ecrã.

Conclusão

Por um preço a rondar os 399€, o Chuwi CoreBook Pro é inegavelmente uma máquina fantástica, tudo graças à qualidade de construção (corpo em alumínio!), ecrã de alta resolução com um rácio de 3:2, etc… Sim, temos alguns ‘cortes’ aqui e ali, de forma a manter o preço baixo, como é o caso do processador.

Mas para o preço, é muito difícil pedir mais. Recomendado!

Leak, Recomendado, review

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Siga-nos ou clique no símbolo da estrela no canto superior direito.
mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Receba a nossa Newsletter

Outros artigos

Play Store: atenção a esta app com milhões de downloads!

Temos de ter realmente muito cuidado já que um...

Google Maps tem um segredo para ficar muito melhor

O Google Maps é uma aplicação que funciona com...

Waze ganha a função que pode acabar com o Google Maps

Em comparação com todas as outras aplicações não há...

(Análise) VIVO V23 5G: Um smartphone diferente!

(Análise) VIVO V23 5G: Conhece a Vivo? Estamos a...