AMD Ryzen 9 4950X – Abram alas ao novo rei do gaming?



Estamos cada vez mais perto do lançamento dos novos Ryzen 4000 baseados na arquitetura Zen 3, afinal de contas, a CEO Dra. Lisa Su já confirmou que os novos processadores vão mesmo chegar ao mercado em 2020. E pelos vistos, vão ser chips capazes de meter a Intel no bolso no único campo em que a rival ainda reina… O da performance nos videojogos!



AMD Ryzen 9 4950X – Abram alas ao novo rei do gaming?

Ryzen 9 4950X -

Portanto, a última semana tem sido rica em ‘leaks’ acerca do processador que deverá liderar a nova gama de processadores da AMD, o Ryzen 9 4950X! Que deverá chegar ao mercado com os mesmos 16 núcleos e 32 threads do agora ‘velhinho’ 3950X, mas que deverá oferecer uma frequência ‘boost’ muito perto dos 5GHz, aproveitando várias melhorias arquitecturais.

Esta informação chega-nos às mãos graças ao famoso ‘Leaker’ responsável pelo blog Igor’s Lab, que graças a um código OPN oficial, foi capaz de descobrir que estamos a falar de um CPU com a frequência base de 3.5GHz e ‘boost’ de 4.8GHz. O que é extraordinário se tivermos em conta que estamos a falar de uma amostra de engenharia, ou seja, esta pode muito bem nem ser a versão final do processador topo de gama.

  • Código OPN:

    100-000000059-52_48/35_Y

Sim, é apenas 100 MHz mais rápido em relação ao Ryzen 9 3950X, mas é apenas uma ‘engineering sample’, ainda há espaço para melhorar mais! Mas vamos ao que importa… Onde está a grande vantagem em relação ao que a Intel oferece?

Pois bem, apesar do pequeno ‘boost’ de 100MHz em relação ao 3950X, a verdade é que apesar de todas as vantagens dos processadores da AMD, estes continuam a ficar atrás nas frequências e IPC. O que claro está, resulta numa performance em jogo superior para os lados da gigante azul dos processadores Core. Mas isto poderá mudar agora, tudo graças ao processo de produção de 7nm+ da TSMC e nova arquitetura Zen 3.

Entretanto, é possível que estes novos processadores nem sejam conhecidos como Ryzen 4000 mas sim como Ryzen 5000. Tudo num esforço para evitar confusões com os atuais CPUs mobile que até estão a fazer um sério sucesso no mercado de portáteis.

Para finalizar, é provável que estes novos processadores cheguem no último trimestre do ano, muito provavelmente depois do lançamento dos novos Tiger Lake de 10nm da Intel, que têm evento marcado para Setembro.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.



mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Em destaque

Leia também