AMD lança nova versão das suas drivers Radeon Adrenalin 18.3.1

A AMD lançou hoje uma nova versão das suas drivers Radeon Adrenalin, a versão 18.3.1 beta, versão que traz optimizações para vários jogos e correção de bugs em outros.

Estas drivers trazem suporte e optimizações para o “Final Fantasy XV” e “Warhammer: Vermintide II”, incluindo também um aumento de desempenho para o jogo Dota 2, oferecendo um aumento de FPS na ordem dos 6% em relação às antigas drivers 17.12.1, na resolução 4K com uma placa gráfica AMD RX 580.

Também foram lançadas com o intuito de corrigir alguns problemas como crashes no “Sea of Thieves”, problemas com configurações com múltiplas placas gráficas no “Middle-earth: Shadow of War” e ainda alguma corrupção de cores no “World of Tanks”.

AMD Radeon Adrenalin

Pode fazer o download aqui.

Estas são as principais mudanças nas novas drivers:

Suporte para

  • Final Fantasy XV
  • Warhammer: Vermintide II

Problemas resolvidos

  • O atalho para o Radeon Chill pode falhar quando as definições são restauradas para default.
  • No Sea of Thieves pode experiênciar algum crash ou algum tempo sem resposta.
  • No Middle-earth: Shadow of War pode experiênciar alguns bugs visuais ao usar configurações com múltiplas placas gráficas.
  • No World of Tanks pode experiênciar alguns bugs visuais ao usar configurações com múltiplas placas gráficas.

Problemas conhecidos por resolver

  • Um bloqueio aleatório do sistema pode ser experiênciado após longos períodos de uso em cargas de computação, em configurações de sistema com 12 placas gráficas.
  • No Destiny 2 pode experiênciar bloqueios ou tempos sem resposta na missão “Heist” em alguns produtos Radeon GCN1.0.
  • No Destiny 2 pode experiênciar tempos de loading demasiado longos quando a aplicação não foi aberta há algum tempo.
  • O Radeon Overlay pode falhar ocasionalmente.
  • A aplicação FFmpeg pode ter problemas de corrupção com streams H264.
  • O Final Fantasy XV pode ter alguns “soluços” com efeitos de partículas, uma solução temporária é desativar o “Geomapping” nas definições de jogo.