Porque é que o alarme do carro está sempre a disparar?

Este é um problema mais comum do que se pensa e de certeza que já se apercebeu disto quando vai na rua e do nada um alarme de um carro está sempre a disparar. Há várias razões e a verdade é que esta é uma situação que tem de se resolver com alguma rapidez. É que se isto acontecer à noite pode levar as pessoas a terem muitos problemas. Assim vamos dizer-lhe porque é que o alarme do carro está sempre a disparar e o que pode fazer.

Porque é que o alarme do carro está sempre a disparar?

Bateria do automóvel fraca

Quando a bateria do seu automóvel tem pouca energia, não envia a tensão correta para o sistema de alarme, o que pode acioná-lo. Pode acontecer algo semelhante quando a bateria está corroída ou suja, interferindo com o fluxo de eletricidade.

mudar a bateria do automóvel, Quer mudar menos vezes a bateria do seu automóvel? Faça isto!, bateria do automóvel durar mais, salvar a bateria do carro

Uma solução eficaz para uma bateria de carro fraca é ligar o seu carro e deixá-lo carregar, conduzindo-o durante meia hora. Este método pode muitas vezes resolver o problema, poupando-lhe o custo de uma substituição da bateria, embora nem sempre seja eficaz.

Cablagem defeituosa

Uma das razões mais comuns para um alarme de carro que não pára de disparar é um problema com a cablagem. Se for este o caso, terá de contactar um eletricista de automóveis para efetuar uma reparação.

Bateria do comando da chave descarregada

As baterias do seu comando não duram para sempre. Eventualmente, ficarão descarregadas, o que pode impedir a chave de enviar sinais corretamente, fazendo disparar o alarme. Substituir as pilhas é fácil – pode comprar pilhas novas em quase todas as lojas que vendem pilhas, e o comando pode-se abrir com uma chave de fendas.

chave presa na ignição, desligar o carro, alarme do carro a disparar

Sensores avariados

Os automóveis modernos estão equipados com centenas de sensores, vários dos quais são utilizados pelo sistema de alarme. Estes incluem sensores de fecho das portas, inclinação, proximidade, choque, quebra de vidros e microfone.

Se apenas um destes sensores falhar ou for demasiado sensível, pode acionar o alarme do automóvel. Necessitará da ajuda de um mecânico para descobrir qual é o sensor responsável.

As portas não estão bem fechadas

Da mesma forma, o facto de as portas do seu carro não estarem devidamente fechadas pode levar o seu carro a pensar que o sensor de fecho da porta foi acionado, fazendo disparar o sistema de alarme. Se uma das portas não estiver segura, verá uma luz de aviso no painel de instrumentos.

proteger o carro contra roubo, vidros traseiros não baixam totalmente

Instalação incorreta

Se o seu carro for antigo, pode não ter sido equipado com um alarme de fábrica. Em vez disso, pode utilizar um alarme pós-venda que não foi instalado corretamente. É fácil cometer erros ao instalar um sistema de alarme por si próprio.

Pode tentar alguns dos seguintes passos para impedir que o alarme do seu carro dispare:

Tranque e destranque a porta do lado do condutor com a chave

Poderá conseguir desligar o alarme destrancando a porta com a chave correta do automóvel. Entretanto se o desbloqueio remoto não funcionar, tente utilizar a chave física – normalmente está guardada no comando.

melhor visibilidade no carro, som de batida no automóvel

Ponha o carro a trabalhar

Utilizar a chave para ligar o carro pode repor o alarme, proporcionando uma solução temporária enquanto procura uma solução mais permanente.

Leia o manual do proprietário

Alguns carros têm um processo mais complicado para desligar o sistema de alarme. Se não tiver a certeza, a melhor coisa a fazer é ler o manual do proprietário. Poderá haver um botão “off” no painel de instrumentos que pode utilizar para desligar o alarme manualmente.

Desligue a bateria

A última opção é privar o alarme de energia desligando a bateria do carro. Retire simplesmente o conetor negativo da bateria. Desligar a bateria deve ser o último recurso, pois pode danificar o computador de bordo e o sistema de infoentretenimento.

Quais são os riscos de desligar o alarme do seu automóvel?

Entretanto desligar o alarme do seu automóvel é uma ação arriscada, pelo que deve ponderar primeiro os prós e os contras. Considere o seguinte:

O ato físico de desligar o alarme pode causar danos no seu veículo.

O seu carro será muito mais fácil de roubar.

É menos provável que haja testemunhas em caso de roubo, porque o alarme não terá notificado as pessoas próximas sobre o que está a acontecer.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados