O que acontece se deitar açúcar no depósito da gasolina?

Por alguma razão, há um rumor comum sobre açúcar e gasolina que existe há décadas. Supostamente, se deitarmos açúcar no depósito da gasolina de alguém, o carro fica inutilizado. Supostamente, o açúcar reage com a gasolina e transforma-se numa substância semi-sólida e viscosa que entope completamente o depósito de gasolina, os tubos de combustível, etc. Mas será que isto é mesmo verdade?

O que acontece se deitar açúcar no depósito da gasolina?

Este é um rumor que na prática não passa disso mesmo. Para começar, tem um filtro de combustível. Este faz exatamente o que diz: filtra quaisquer detritos ou impurezas que possam ter entrado de alguma forma no seu depósito de combustível. Assim, se houvesse pequenos cristais de açúcar na gasolina, o filtro de combustível impedi-los-ia antes que pudessem danificar o motor.

Depois, há o facto de o açúcar não se dissolver na gasolina; afunda-se no fundo do depósito de combustível.

Algo que foi testado

Um investigador da Universidade da Califórnia, em Berkeley, testou este mito experimentalmente em 1994, colocando açúcar na gasolina e fazendo-a girar numa centrifugadora. O investigador mediu a quantidade de açúcar não dissolvido que saiu do líquido e depois calculou a quantidade de açúcar que permaneceu dissolvida na gasolina.

- Advertisement -

Mesmo que se tenha menos de um depósito cheio e alguém deite açúcar lá para dentro, o líquido só pode incorporar uma certa quantidade de açúcar.

gasolina

Na altura em que o mito começou, nos anos 50, as bombas de combustível eram mecânicas e localizavam-se no fundo do depósito de combustível, pelo que, se houvesse um grande torrão de açúcar, o fluxo de combustível seria interrompido. O açúcar não entrava no motor, mas também não entrava a gasolina de que o motor precisava para funcionar.

As bombas de combustível modernas são electrónicas, mas é possível que possam ser enganadas por um torrão de açúcar. Mais uma vez, em ambos os casos, basta limpar o depósito.

Mais perigoso do que o açúcar

Então, o que é que pode estragar um motor se for adicionado ao combustível? Água. Mas teria de ser muita.

Entretanto lembre-se que os motores utilizam a combustão para fazer mover as rodas, o que significa milhares de pequenas explosões nos cilindros. Se deitarmos muita água num depósito de combustível, esta afunda-se no fundo do depósito. A água entra no motor e, se houver água suficiente nos cilindros, o combustível não entra em combustão. O motor está morto na água, pode dizer-se.

Mas mesmo isto não é o fim do caminho para o seu motor. A utilização de um tratamento de combustível pode eliminar quimicamente a água e reavivar o motor.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.