Activision Blizzard pronta a fazer um despedimento em massa

Activision Blizzard

Depois de várias notícias de cariz negativo, para a Activision Blizzard… Parece que chegou a altura de encarar as consequências, com vários rumores de um despedimento em massa a chegar a publico, graças ao reputado Bloomberg.

Portanto, este despedimento em massa, vem no seguimento de uma série de 3 meses de desilusões para a empresa

Afinal de contas, desde Outubro do ano passado, que as acções têm estado em queda livre, valendo agora apenas 50% do seu valor original!

Activision

Além disso, em Novembro, a empresa anunciou que a expansão Destiny 2: Forsaken, teve uma performance aquém do esperado. Ao mesmo tempo, que outros jogos mais populares da Activision, acabaram também por falhar de uma maneira ou outra, no mercado.

Por fim, em Dezembro, vários rumores chegaram à Internet, de que a Activision estava pronta a despedir o seu CFO Spencer Neumann. No entanto, este acabou por se juntar à Netflix, antes do ato ser consumado. Como se isto não fosse suficiente, a empresa também perdeu Amrita Ahuja para a Square Enix no início de 2019, alguns meses depois do seu presidente e CEO Mike Morhaime, ter abandonado o comando da Activision Blizzard.

Apesar da Activision já ter substituído o seu CFO (Com um belo bonus de 15 milhões de dólares, no processo) Ainda precisa, urgentemente, de arrumar a casa… Afinal, como é que o IP Destiny saiu da empresa, assim, do nada?

Foi no mês passado, que a Bungie anunciou que iria ‘resgatar’ a saga Destiny das mãos da Activision. Em paralelo, também existe uma potencial multa de 390 milhões de dólares a caminho. (Devido à compra do gigante Mobile King)

Dito tudo isto, ainda não é claro que estúdios e ou departamentos irão ser afetados… Mas se todos os rumores que saíram da Blizzard, forem verdadeiros. A contenção de custos é real, e os problemas aparentemente, muito sérios.


O que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!