Activision Blizzard perde outro executivo num início de ano difícil

A Activision Blizzard não teve um final de 2018 muito famoso… E parece que início de 2019 não está a ser muito melhor! Parece que a empresa perdeu outro executivo financeiro, nomeadamente Amita Ahuja, que abandonou a sua posição como CFO.

Amite Ahuja é a segunda executiva a abandonar a Activision Blizzard num curto espaço de tempo!

As razões para este adeus ainda não foram confirmadas. Mas os rumores indicam que é um resultado dos fracos resultados operacionais do último ano. Afinal de contas, foi preciso um jogo antigo (Warcraft) e um jogo mobile (Candy Crush), para salvar o número de vendas da empresa.

Activision Blizzard

Isto porque Destiny 2 foi um falhanço, e a expansão Forsaken também não se portou muito melhor… Ainda por cima, a solução da Activision acabou por passar pela adição de micro-transações, algo que os consumidores odeiam.

Aparentemente, a empresa deixou de ouvir os seus fãs/consumidores, e isso é meio caminho andado para um futuro muito negro…

Posteriormente, ainda tivemos o completo fiasco, do anúncio do jogo mobile Diablo Immortal! Que teve um efeito muito negativo nas acções da empresa, fazendo muitos fãs perder a réstia de fé que ainda existia no coração de muitos fãs.

Alguém ainda se lembra das míticas frases… “Esta é uma piada de 1 de Abril antecipada?”, ou “Vocês não têm telemóveis?”, ditas durante a Blizzcon 2018?

Contudo, o jogo Call of Duty Black Ops ainda conseguiu ter algum sucesso, na reta final de 2018, ao lançar um modo Battle Royale de seu nome ‘Blackout’ que rapidamente conseguiu ganhar tração no mundo gaming! Apesar de não ter sido tão popular como outros jogos da série, é sem dúvida um dos sucessos de 2018 para a Activision.

Activision Blizzard – O futuro?

A empresa não tem nenhum título de relevo planeado para 2019… Contando andar em cima da onda de 2018 durante alguns meses, que como já devem ter percebido, não é grande ideia.


O que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!

Fonte